Educadores são orientados sobre volta às aulas presenciais em Petrolina

por Carlos Britto // 27 de julho de 2021 às 17:01

Foto: Ascom PMP/divulgação

Como parte das ações preparatórias de retorno às aulas presenciais de Petrolina, a Secretaria de Educação, Cultura e Esportes (SEDUCE) deu início ontem (26) a uma série de formações direcionadas aos profissionais que atuam nas unidades de ensino, a respeito dos protocolos de segurança recomendados pelas autoridades de saúde. A capacitação está sendo realizada por grupos de escolas e são direcionadas a gestores, vice-gestores, coordenadores pedagógicos, secretários escolares, professores, equipes de limpeza, porteiros, merendeiras e servidores do administrativo das unidades de ensino.

Ontem participaram da formação a equipe de lideranças das unidades de ensino da sede e das comunidades de Pau-Ferro, Rajada, Uruás, Cristália, Pedrinhas, Capim Irrigado e Massangano. Seguindo documentos norteadores, elaborados através de discussões entre a SEDUCE, Sindsemp, Conselho Municipal de Educação, Secretaria Municipal de Saúde (SMS) e Ministério Público, as formações abordam as medidas de biossegurança que serão adotadas nas unidades de ensino, assim como no transporte e em toda a rotina escolar.

O secretário Plínio Amorim, destaca a importância da formação de toda rede municipal, no sentido de expor medidas e orientações para o retorno seguro das aulas presenciais, como também ser uma oportunidade de ouvir os profissionais. “Todas as escolas precisam seguir recomendações que são globais, como o distanciamento, a constante lavagem das mãos, o uso do álcool em gel. Mas cada uma possui suas particularidades e possibilidades diferentes, por isso nesses encontros estamos conversando e apontando os caminhos em conjunto. Toda Secretaria de Educação está mobilizada para que o retorno das aulas presenciais aconteça de modo seguro e tranquilo“, explicou.

Durante a formação também são discutidas como serão as ações do diagnóstico da aprendizagem que será executado na primeira semana de agosto, nas unidades de ensino. O objetivo é subsidiar o planejamento pedagógico de cada professor e cada turma, além de verificar também que conteúdos irão precisar retomar e reforçar durante as aulas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *