Educadora representa Petrolina em encontro nacional de professores realizado em Brasília

6

magnólia professoraA educadora Magnólia Marins de Britto (foto), do 6° período de Pedagogia da Universidade de Pernambuco (UPE)/Campus Petrolina, voltou de Brasília sorrindo à toa.

Na semana passada (de 5 a 7 de junho), ela representou a cidade e o estado no 2° Encontro do Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor) e Capes.

Magnólia foi escolhida para ir à capital federal após um trabalho apresentado em 2012 e no início deste ano, com alunos do 1° ao 5° ano do ensino fundamental das escolas municipais. Divididos em 12 equipes (foto abaixo), os estudantes abordaram sub-temas dentro do tema principal – História, Cultura e Meio Ambiente.

A equipe de Magnólia, também foi formada pelas professoras Evaneide, Francinete, Egilda, Ângela, Maria Márcia e Elizabete, que levantaram a Inclusão da Obrigatoriedade do Ensino da Cultura Afrodescendente (Lei 10639/03), foi a vencedora. Entre seus alunos, nove obtiveram a nota máxima de 9.90.

crianças parforDiante disso a Comissão de Coordenação do Parfor-PE resolveu convidá-la para mostrar esse trabalho e os dos demais grupos no encontro.

Nesta sexta-feira (14) os estudantes vencedores receberão placas e brindes, numa solenidade que também contemplará as gestoras das 12 escolas participantes.

Papel Social

Magnólia é uma das professoras-cursistas mais atuantes, sendo responsável por uma Associação de Mães e Amigas Contra a Homofobia (Amach). Ela desempenha ainda uma tarefa destinada a poucos, devido ao grande preconceito que cerca o assunto: o resgate de homossexuais do seio de suas famílias, que muitas vezes os excluem e são as grandes responsáveis em casos de suicídio, pela intolerância a qual lhes é imposta . Ela trabalha no momento apoiando um travesti, do qual tirou das ruas e da prostituição. Segundo a professora, o jovem está se enquadrando dentro da sociedade, “mas sem perder a sua essência”, como costuma dizer.

6 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns pelo trabalho que vem desenvolvimento em prol da Educação Básica na Região de Petrolina e pelo seu desempenho enquanto Professora Estudante do Curso de 1ª Licenciatura em Pedagogia do PARFOR/UPE Campus Petrolina. Além da sua desenvoltura durante a apresentação do pôster e o seu depoimento no Grupo de Temático “A sala de aula em transformação” no II Encontro Nacional do PARFOR, na sede da CAPES em Brasília.

  2. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk É ENGRAÇADO COMO TEM GENTE QUE PEDE PAUTA PRA SE PROMOVER, E AINDA SE AUTO COMENTA, É HILÁRIO KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome