Educação de Petrolina ganha reforço de mais 85 professores

por Carlos Britto // 24 de setembro de 2022 às 08:05

Foto: Ascom PMP/SEDUCE divulgação

A educação de Petrolina ganhará um reforço neste mês com a chegada de novos profissionais do ensino básico. O prefeito Simão Durando Filho assinou, na sexta-feira (23), o edital de convocação de mais 85 professores.  A nova equipe irá trabalhar nas creches e nas salas de aula dos anos iniciais e finais da área urbana e regiões do interior.

Para Simão Durando, os novos profissionais vão ajudar a fortalecer ainda mais o ensino básico de Petrolina, que, em mais um ano, segue liderando o ranking das cidades com mais de 100 mil habitantes, em Pernambuco, no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Sem dúvida, é a realização de um sonho de cada um que teve o seu nome publicado nesse edital. Então, parabéns a todos os convocados. Como filho de professor, essa é uma das autorizações que mais me deixa emocionado. Os novos professores chegam para reforçar o time da melhor educação pública de Pernambuco. Ao mesmo tempo, é uma oportunidade e uma responsabilidade com o futuro de nossa gente”, destacou.

Convocação

Os nomes dos convocados podem ser conferidos no Diário Oficial do município. No edital de convocação constam todos os documentos e procedimentos necessários para dar entrada na contratação. Com os documentos exigidos, os novos professores devem se apresentar na sede do Instituto de Gestão Previdenciária (Igeprev).

Após a análise dos documentos, os convocados passarão por exames médicos. Logo após, os candidatos convocados deverão comparecer ao RH da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes (SEDUCE), que está funcionando na Avenida Coronel Clementino Coelho, nº 174, no Bairro Parque Bandeirantes (antigo prédio da Faculdade Uninassau).

Educação de Petrolina ganha reforço de mais 85 professores

  1. A prefeitura chamou os professores que passaram no concurso de 2018 mais não chama as pessoas que passaram no concurso pra agente de endemias que também foi em 2018.Quer dizer que a educação é mais importante que a saúde.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.