Economia do Brasil tem 7º melhor resultado em ranking de desempenho

por Carlos Britto // 01 de setembro de 2022 às 19:40

A economia do Brasil teve o sétimo maior crescimento no segundo trimestre de 2022, de acordo com um um levantamento realizado pela Austin Rating. A agência de risco analisou o desempenho do Produto Interno Bruto (PIB) de 26 países.

O crescimento de 1,2% da economia do Brasil ficou atrás apenas dos desempenhos de Holanda (2,6%), Turquia (2,1%), Arábia Saudita (1,8%), Israel (1,6%), Colômbia (1,5%) e Suécia (1,4%). Segundo a revista IstoÉ, o PIB dos países ranqueados cresceu 0,6%. Entre eles, a China teve o pior resultado: queda de 2,6% no PIB. Na sequência, estão Taiwan (-1,8%), Canadá (-0,3%), Cingapura (-0,2%) e Estados Unidos (-0,2%).

A atividade econômica, assim como a global, enfrentou desaceleração com o surgimento do coronavírus, a partir de 2020. As medidas de restrição diminuíram a circulação de consumidores e produtores, atrapalhando, desse modo, a atividade empresarial. Com a diminuição das imposições, teve início o movimento de retomada.

Economia do Brasil se recupera

No Boletim Focus, elaborado pelo Banco Central, a previsão para o crescimento da economia do Brasil em 2022 foi revisada para cima nove vezes consecutivas nas últimas semanas. Ao mesmo tempo, a perspectiva da inflação tem sido alterada para baixo. Dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada mostram que o país atingiu o maior número de empregados da história.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.