“É preciso relembrar os fatos do passado para que eles não se repitam”, diz Gonzaga Patriota sobre os 50 anos do golpe militar

4

Gonzaga Patriota1O golpe militar completou 50 anos esta semana e muitos políticos aproveitaram a data para relembrar a época. Um deles foi o deputado federal Gonzaga Patriota (PSB), que em entrevista ao programa Brasil em Debate, da TV Câmara, destacou que é preciso relembrar os fatos do passado como uma forma de evitar que eles voltem a acontecer no futuro.

“Um dos fatores positivos do Golpe de 64 foi a marca na história do país para que ninguém esqueça e isso nunca mais aconteça. Não estamos comemorando, mas relembrando o que fizeram, por exemplo, com Miguel Arraes e tantos outros que lutaram pelo nosso Brasil”, disse.

Gonzaga Patriota relembrou a censura à imprensa, a intervenção nos sindicatos e organizações estudantis e, principalmente, a corrupção. De acordo com ele, naquela época os corruptos agiam livremente, já que ninguém podia denunciar. O socialista defendeu os valores da democracia e destacou a importância da Constituição Federal de 1988.

“O grande pacto político contra a ditadura culminou com a Constituição de 1988. Este pacto estava cravado sobre duas prioridades: a democracia e a diminuição da desigualdade social. A CF de 1988 é a mais democrática que o Brasil já teve, tanto pela participação popular quanto por seu conteúdo. A participação direta do povo na elaboração da carta marcou seu caráter cidadão”, destacou.

Pontos positivos

Já para o deputado Antônio Carlos Mendes Thame, que também participou do programa, o Golpe Militar teve seus pontos positivos e negativos.

“Foi na época dos militares que surgiu o Proálcool, que foi construída Itaipu, ou seja, há pontos positivos. Mas o que houve de negativo é muito pesado, tivemos inflação absurda de 240%, dívida externa multiplicada por 30 e concentração de renda”, explicou. (Fonte: assessoria parlamentar)

4 COMENTÁRIOS

  1. Suas palavras são lindas, más seu passado não é nada louvável. Alguns meses atrás você Gonzaga demitiu um funcionário da rádio Santa Maria FM, conhecido por todos como Waldir Junior, simplesmente pelo fato de ter noticiado a prisão de um secretário do governo Eliane e a caçamba do PAC que um funcionário contratado tombou. Perdeu meu voto pois, votaria em você, más vejo que você é a ditadura do futuro ou seja um CORONEL.

  2. Já que estamos falando em erros do passado, alerto aos cidadãos pernambucanos que NÃO REPITAM um dos maiores erros dos anos recentes no Estado: VOTAR EM GONZAGA PATRIOTA, esse sim, um erro grotesco…

  3. “É preciso relembrar os fatos do passado para que eles não se repitam”, Concordo plenamente é por isso que não voto em parlamentares como você. Fale menos e trabalhe mais.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome