Dr. José Mendes fala sobre prioridades para a saúde de Petrolina

por Carlos Britto // 19 de maio de 2009 às 23:18

dr-mendesNa segunda parte da entrevista com o secretário de Saúde de Petrolina, Dr. José Mendes, a situação preocupante do setor no município foi enfatizada como uma das prioridades do prefeito Júlio Lóssio para reverter esse quadro.

Ele lembrou que Pernambuco tem, hoje, seis médicos com residência em Saúde da Família. Destes, dois trabalham em Petrolina e, segundo Dr. Mendes, a idéia é aproveitar o trabalho de ambos para dar uma nova roupagem à estratégia da Saúde da Família, que não tem recursos humanos para isso não apenas aqui, mas no país inteiro.

Dr. Mendes revelou que o município deve fazer concurso público visando a estimular a formação de profissionais voltados à Saúde da Família. “O modelo de formação dos médicos no Brasil se baseia no modelo americano do início século 20, em que o especialista é valorizado e o generalista não tem valor”, explica.

Em busca de modelos para Petrolina, Dr. Mendes visitou as cidades de Niterói e Rio de Janeiro. Na primeira conheceu três fundações (policlínicas) ligadas à saúde, que para ele são alternativas importantes para desafogar o sistema. Já no Rio visitou duas Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

Uma delas, a de Manguinhos, será inaugurada pelo presidente Lula até o final do mês. “Esse modelo por lá tem funcionado muito bem. Então fomos observar essa experiência e ver o que podemos adequar para a nossa realidade”.

Apesar das deficiências do setor, o secretário adiantou que a prefeitura já iniciou esforços para melhorar a estrutura da saúde com a reforma de oito postos médicos. Disse também que além de readequar a UPA do bairro José e Maria, pretende envidar esforços junto ao governo do Estado e federal para trazer novas unidades para cá.

Dr. Mendes deixou claro também que o problema não será resolvido “num passe de mágica”, mas está ciente de que a população é sensível à causa e vai reconhecer o esforço da equipe comandada pelo prefeito Júlio Lóssio, apesar “das dificuldades de caixa”.

Dr. José Mendes fala sobre prioridades para a saúde de Petrolina

  1. ATENTO disse:

    Lero lero e blabla… duvido que a população reconheça isto. Botem a mão na massa… trabalhem… o povo quer ver ação e não conversa pra boi dormir.

  2. epaminondas disse:

    esse dr mendes parece mais e jornalista\porta voz….
    petrolina ta precisando e de atitudes
    atitudes comprometidas com discurso de campanha
    julio disse que ia resolver a questao da saude na cidade.
    ate agora nao se ve resultado pratico.
    so se ouve conversinha…
    falta gente compriometida com o trabalho publico?!

  3. Cecilia Alencar disse:

    Dr. Mendes DEIXE DE FALATÓRIO E HAJA.

  4. A VERDADE disse:

    PENSEI QUE A SAÚDE SERIA TRATADA COMO PRIORIDADE NO GOVERNO DE JULIO LOSSIO, MAS, ATÉ AGORA NÃO FOI FEITO NADA DE CONCRETO PARA MELHORAR A SAÚDE DOS PETROLINENSES. ESTÁ NA HORA DE AGIR SECRETÁRIO, FALAR DE MENOS E TRABALHAR MAIS, VOCÊ AO CONTRÁRIO DA MAIORIA DOS PETROLINENSES TEM SEU PLANO DE SAÚDE, COLOQUE-SE NO LUGAR DOS USUÁRIOS DO SUS, PAGAMOS IMPOSTOS, QUEREMOS E DEVEMOS TER PELO MENOS UMA ASSISTÊNCIA QUE SE PREZE.

  5. Abelhinha no ouvido disse:

    Fala sério! Esse cara ainda está se descupando por aqui…isso não é possível! Vai trabalhar Dr. Mendes! Essa choradeira não adiante de nada. Quero ver ações concretas e menos bla..bla…bla!

  6. Bernardo Almeida disse:

    Confio na competência do Dr. Mendes.
    Acredito que a indicação de alguém capacitado, com boa percepção administrativa para exercer uma função como esta, é um bom indício de sucesso para a gestão do prefeito Lóssio.
    O olho clínico do Dr. Mendes na secretaria de Saúde de Petrolina pode trazer grandes resultados para a cidade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *