Diretora da Facape rebate acusações do professor Celso Franca

por Carlos Britto // 01 de abril de 2009 às 11:40

A diretora da Facape, Clemilda Barreto, enviou ao Blog um artigo em resposta à suposta denúncia do professor Celso Franca. Ela mandou também várias cópias devidamente comprovadas de seus ganhos salariais como professora, além da consulta que fez à Procuradoria do município e aos Tribunais de Contas do Estado de Pernambuco e da União solicitando informações sobre a remuneração dos cargos ocupados por ela, conforme a Constituição Federal. Confira o que diz Clemilda Barreto:

“Sobre a ‘carta ao prefeito’, veiculada pelo Sr. Celso Franca Sales, cumpre-nos esclarecer que seu conteúdo é totalmente infundado. Conforme fazem prova os documentos entregues aos responsável por este Blog.

Os salários por mim recebidos, que totalizam R$ 5.700,11 (cinco mil, setecentos reais e onze centavos/contracheques inclusos) têm seu pagamento fundado em parecer jurídico emitido por procurador municipal e acha-se corroborado em parecer do Tribunal de Contas da União em situação semelhante (cedência e exercício de função eletiva) e é objeto de consulta junto ao Tribunal de Contas do Estado, ainda sem decisão final.

Vale frisar que os ataques descabidos, ultimamente desferidos contra minha pessoa, e consequentemente contra a instituição que, por força do cargo, represento, provêm de pessoas que, de uma forma ou de outra, tiveram seus interesses individuais contrariados, a exemplo do cidadão acima referido, que quando prestou serviços na FACAPE como professor contratado, não teve seu contrato temporário renovado por recomendação jurídica baseada na insatisfação dos alunos, manifestada através de abaixo assinado, conforme comprovam os documentos entregues na sede do Blog.

Importante frisar que a Facape dispõe de meios, órgãos e pessoas comprometidas e está apta a solucionar seus conflitos internos com maturidade ou através de órgãos oficiais de fiscalização, de modo a evitar danos e prejuízos à credibilidade que conquistou ao longo dos seus 32 anos de existência.

Aliás, vale informar que somos auditados anualmente pelo Tribunal de Contas (todos os setores) e nossas contas foram todas aprovadas sem ressalva. “O trabalho, a honestidade e a coragem continuam pautando nossa vida e nossa gestão na Facape, pelo que estamos à disposição de qualquer autoridade competente para qualquer fiscalização ou auditoria”.

Clemilda Barreto

Diretora/Facape

Diretora da Facape rebate acusações do professor Celso Franca

  1. Hércules Batista disse:

    Dra. CREMILDA.
    Mesmo achando desnecessário este seu esclarecimento ao BLOG, tenho convicção que foi muito oportuno tal fato, para mostrar a sua lisura a frente deste órgão tão conceituado, tem muitos que não tem capacidade para galgar tal pleito e aí procura por meio SUJOS, difamar a sua competência, mas isto é bom porque lhe dar mais forças para seguir a frente desta instituição. Se DEUS não agradou a todos! Imaginemos nós mortais.

  2. ATENTO disse:

    Mas eu já estava me esquecendo desse parangolé! e o prefeito, respondeu à carta do prof. Celso Franca? São tantas as emoções depois de 01/01/2009…. kkkkkkkk
    Petrolina não merece!!!!!!!!!!!!!!

  3. Socrates Augustus disse:

    Os alunos da FACAPE

  4. Socrates Augustus disse:

    Os alunos da Facape, que estão perdendo com essa guerra imunda travada, lembramos que a FACAPE é da comunidade e não do GRUPO A OU B. Os fatos devem ser apurados doa a quem doer e colocar tudo em pratos limpos. Sr.Prefeito, resolve essa situação, para averiguar quem está certo.
    Agora uma pergunta. Onde estão os livros da nova Biblioteca ?

  5. Opara disse:

    Corre à boca miúda em Petrolina que o salário de Clemilda era de 17 mil reais. Um exagero. Agora, 5 mil é muito pouco para tanta responsabilidade. Penso que os números 17 e 5 não batem nessa história.

  6. Ana Matos disse:

    Salários, guerras entre A e B, lutas intensas pela tomada do poder. A problemática da FACAPE é a politicagem, quando formos instituição de ensino e não uma sucursal da Prefeitura Municipal de Petrolina, teremos uma faculdade. Cadê os livros, cadê a nova biblioteca? Onde mora a qualidade do ensino? O que tenho visto são alunos desmotivados e professores mal pagos. Sem mencionar os inúmeros professores migrando para outras universidades.

  7. Aluno Facape disse:

    Aí vai uma pergunta para ser respondida pela professora Dra. Clemilda Alves Barreto: Onde está a nova biblioteca da Facape? Esta obra faraônica que custou cerca de um milhão e seiscentos mil reais aos cofres públicos e se encontra inativa?
    Enquanto isso, meus colegas de curso fazem camapanha para arrecadar livros e realizar doação destes à biblioteca do presídio municipal. Louvo a atitude dos meus colegas. Mas, acabei pensado: como não possuímos biblioteca equipada e com volumes atualizados, bem que poderíamos criar uma campanha para equipar a nossa “nova biblioteca”. Um país se faz de homens e de livros, já se diz por aí. O nosso microcosmo (a FACAPE), é feita de homens e disputas acciradas pela chefia da casa…

  8. Profº Celso Franca disse:

    Quanto as colocações da Diretora da Facape publicadas neste Blog devo informar que são infundadas.
    1º A mesma disse publicamente no programa “Nossa Voz” da Radio G. Rio FM a própria radialista do programa que acumula os os três cargos na Facape,inclusive sob um parecer jurídico.
    2º Todos que tem conhecimento sabem que nunca fiz qualquer tipo de ataque a pessoa da Diretora, mesmo na própria carta enviada ao Prefeito, não menciono nem mesmo o seu nome.
    3º Quanto a renovação do meu contrato enquanto professor substituto, infelizmente a Diretora não está falando a verdade e, vejam porque:
    a) Não houve nenhuma recomendação jurídica; apenas o seu procurador o professor Gabiel a pedido da Diretora mostrou a mesma, o parágrafo no contrato onde informa que a Faculdade pode interromper o contrato se o contratado não tiver preparado para estar em sala de aula.
    b) Um mes antes da Diretora reicindir meu contrato, a mesma já havia dito em uma reunião de coordenadores que não iria renovar o meu contrato porque eu estava saindo candidato a vereador.
    c) Ainda com base no íten b o que foi que a Diretora fez:
    O ex-Prefeito foi pessoalmente na Facape solicitar da Diretora a minha licença remuneradapor tres meses, por foça da Lei eleitoral
    quando a mesma, para minha surpresa, entregou ao ex- Prefeito toda a documentação referente a minha recissão, que aliás considero ante ético.
    d) Quanto ao abaixo assinado pelos alunos do 1º período é preciso que seja analisado, pois, quando os mesmos resolveram tomar essa atitude faltavam apenas oito aulas para terminar o semestre e preparando trabalhos para apresentar em grupo na sala.
    Tenho documetos da Pedagoga da Facape, que acompanhou esse processo, inclusive em reunião com representantes da sala, onde os mesmos afirmaram que tal atitude se deu porque estavam com suas notas muito baixas.
    É necessário que a Sra. Diretora fale a verdade.

  9. CONHECE A DIRETORA disse:

    Que CINCO MIL o que….
    Prove que só ganha isso!!
    A conversinha é essa…sei muito bem que ganha muito mais que isso!!
    Pode ate adquirir esse valor em uma semana, mas que ganha só isso….Sabe muito bem que não! Quanto ao Prof. Celso Frana, quem o conhece sabe de sua competência, honestidade e principalmente muito EDUCADO, agora quanto a Sra….Desculpe-me!! Mas não tem nada disso!! Mas confio em Deus!! Sei que Ele é Fiel!!! A Srs ainda pagará por tudo que está fazendo!! O mundo dá muitas voltas… como diz o ditado popular que uma dia é o da caça e outro é o do caçador!
    A justiça tem que ser feita!

  10. D.C.E/FACAPE disse:

    Não acredito nessa possiblidade da Diretora Presidenta ganhar apenas R$ 5.711, 00 por ser remunerada por tres cargos 1º Diretora Presidenta, Professora e Procuradora do Municiapio de Petrolina, sabenos que essa valor não e o que realemnte a Diretora recebe, mas enquanto isso os bons professores graduados, doutores e pos-graduados estão indo pra outras faculdade porque são mau remunerados, todos os professores precisam esta satisfeitos com seus salarios pra que se tenha bons resultados, no que disrespeito aos alunos que sofrem com toda essa guerra aqui na FACAPE.Mas a autoridade do Municipio até agora não se manifestou com relação a toda essa problematica que a FACAPE hora vem passando, parece que estão esperando que nos alunos tomemos essa decisão se e pra tomar a decisão vamos cortar o mau logo pela raiz, porque desta forma não dar pra continuar as autoridades ficam todos somente observando talvez, acho eu, esperando a hora certa de atacar mas estamos sem sorte porque ate agora não vimos absolutamente nada de concreto] acontece somente acusações e resolução dos problemas zero.

    PRECISAMOS ESTA ATENTOS
    PRECISAMOS NOS POSICIONAR COM TUDO ISSO

    VALDiMIRO RODRIGUES
    D.C.E/FACAPE

  11. Funcionária disse:

    Sinto muito por toda essa discórida entre diretores… O fato é que o alvo é Dra. Clemilda e as pessoas só pensam nisso agora: Derrubar a Diretora! E os trabalhos, a continuidade dos projetos, o pensamento em resolver situações dos alunos??? Isso tudo morreu! A preocupação desse pessoal é uma só. Infelizmente nós e os alunos perdemos nosso respeito e FACAPE está perdendo sua credibilidade.

  12. já tô de saco cheio disse:

    Pelo amor de Deus ! Resolvam logo isso. Já não aguento mais. Quero trabalhar em paz.

  13. CINCO MIL SÃO PROCURADOS disse:

    Três cargos públicos para uma pessoa só é muito pouco! Onde está a Constituição Federal? Promotor público nela! Isso é uma vergonha municipal, estadual e federal. Não sejamos cúmplices com uma situação dessa. Vamos as ruas, mobilizemo-nos! Precisamos moralizar o serviço público. Que tanto competência é essa? Cabide político, só pode!
    O professor Celso Franca é competentíssimo como professor e grande observador dos problemas sociais de seu povo e de sua gente.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *