Dez anos depois, obras do Parque Eólico em Casa Nova são reiniciadas

0
Foto: Reprodução/Google

A Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf) retomou, no final de novembro do ano passado, os trabalhos no canteiro de obras do parque eólico de Casa Nova I, na Bahia. As obras haviam sido suspensas após o pedido de recuperação judicial da empresa IMPSA, contratada pela Chesf para o fornecimento e montagem de aero geradores. Das 120 torres previstas para o parque, só 30 foram montadas.

Concebido para ser o primeiro parque eólico da Chesf no país, o parque Casa Nova segue sem ter sido concluído dez anos depois do leilão no qual a estatal arrematou o lote. A previsão é que, agora, as obras sejam concluídas em outubro deste ano.

Agora, depois de R$ 400 milhões investidos, a Chesf retoma a obra investindo, nessa primeira etapa, R$ 40 milhões no Parque A, que possui 18 unidades geradoras, com potência instalada de 1,5MW por unidade (total de 27MW). São cerca de 10 novos contratos de materiais, serviços e equipamentos que impedirão a degradação total das obras executadas e das instalações.

Ainda de acordo com a Chesf, desde a interrupção das obras, em 2014, a Companhia buscou alternativas de soluções técnicas e jurídicas para a situação causada pela paralização dos trabalhos. Em 2016, a estatal formou um Grupo de Trabalho visando a avaliar a viabilidade de alternativas para a continuidade do Empreendimento Casa Nova. Além das dificuldades jurídicas, havia todo um contexto técnico devido à especificidade das tecnologias utilizadas por cada fabricante do setor, que dificultava a retomada das obras em campo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome