Descarte inadequado do lixo provoca danos no sistema de esgoto de Petrolina

0
Foto: Compesa/Ascom

Garrafas, latas, pneus velhos, metralhas, vasos sanitários, gorduras, colchões e até troncos de árvores. Resíduos como esses têm sido encontrados diariamente por técnicos da Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), durante as manutenções nos poços de visita distribuídos em Petrolina.

A utilização de forma indevida do sistema de esgotamento sanitário provoca danos, além de obstruções nas redes, e, como consequência, um aumento dos extravasamentos, dificultando o trabalho das equipes de manutenção e causando transtornos desnecessários para os moradores.

O gerente Regional da Compesa em Petrolina, Marcelo Guimarães, ressalta que a rede de esgoto é dimensionada para receber apenas efluentes dos ramais regularmente implantados nos imóveis e estabelecimentos. “Nos períodos chuvosos, a situação se agrava, visto a ausência de drenagem urbana em algumas ruas, assim como é comum observar populares direcionando as águas empoçadas da chuva para os poços de visita e caixas de inspeção do sistema”, comenta.

Apesar de ser um direito de o morador exigir da Companhia ações para resolver o gargalo do saneamento em vários bairros da cidade, é importante também a conscientização da população sobre a utilização correta do sistema de esgoto.

Foto: Compesa/Ascom

Atendimento

Nos casos de dúvidas ou reclamações sobre vazamentos ou extravasamentos, o usuário dos serviços da Compesa pode registrar a solicitação através do número 0800 081 01 85.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome