Deputado Antônio Moraes vê dificuldades de partidos para cumprir regras eleitorais já em 2020

0
Foto: Roberto Soares/Alepe

O deputado estadual Antônio Moraes (PP) fez críticas às novas regras eleitorais em seu discurso no Pequeno Expediente desta segunda (10) na Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe). Na avaliação do parlamentar, os partidos terão dificuldades em reservar a cota mínima de 30% para candidatas mulheres, especialmente nos pleitos de municípios de menor porte. O fim das coligações nas eleições proporcionais também o preocupa.

Não é uma lei obrigando a mulher a ser candidata que vai sensibilizá-la a disputar mandato”, opinou. “O Congresso (Nacional) deveria ter mudado as regras para as eleições de 2022, e não ter colocado os vereadores como cobaias agora”, disse o deputado. Ele acredita que as novidades precisarão ser revistas já para o pleito subsequente.

Moraes deu como exemplo as Câmaras Municipais com 11 vagas em disputa. “Cada chapa poderá ter apenas 17 candidatos e, desses, cinco deverão ser do sexo feminino. Não é discriminação contra a mulher, mas não é fácil cumprir essa cota nas localidades do Interior”, opinou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome