Cristina Costa afirma que PEC 241 pode agravar ainda mais “desastre” da educação em Pernambuco

3

cristina-costa

Embora respalde a mobilização dos estudantes secundaristas de Petrolina em relação à Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 241, a vereadora Cristina Costa (PT) foi comedida em relação à Casa Plínio Amorim. Durante a sessão plenária de ontem (27), quando centenas de estudantes foram pedir apoio do Legislativo Municipal, Cristina sugeriu que o assunto fosse aprofundado por meio de uma audiência pública. Deixando claro que seu posicionamento sobre a PEC 241 não reflete o da Casa, de maneira geral, a vereadora propôs convidar pessoas contra e a favor da proposta, “respeitando o processo democrático, diferente do que acontece no Congresso Nacional”, alfinetou.

Geralmente as audiências públicas realizadas na Câmara Municipal são criticadas pela população por não apresentarem efeitos práticos. A vereadora sabe disso. Mas no caso da PEC 241, a ideia é apenas fazer um debate “de forma crítica, autônoma e independente, que possa contribuir para a formulação do parecer do Poder Legislativo”. Cristina aproveitou para alertar que a medida do governo federal pode agravar ainda mais o cenário da educação em Pernambuco.

Ela afirmou que apesar dos números positivos no setor alardeados pela atual gestão, o Governo Paulo Câmara tem sido “um desastre”.

“O autoritarismo reina nas escolas, como vocês ouviram aqui, dito pelos próprios alunos. Está faltando merenda escolar, está faltando professor. Os profissionais, com os salários que estão ganhando, estão cada vez mais desqualificados. E o governador Paulo Câmara foi o primeiro a se posicionar favorável à reforma da Medida Provisória (PEC 241). Então, pela situação que vive a educação de Pernambuco hoje, ele apoia isso porque justamente não tem propostas. Ele vê a educação como um peso”, alfinetou a vereadora.

3 COMENTÁRIOS

  1. A PEC É NECESSÃRIA POIS OS PETRALHAS ACABARAM O BRASIL, GASTOS E MAIS GASTOS, ROMBOS E MAIS ROMBOS E CAUSARAM O CAOS MESMO. TUDO ISSO É CONSEQUENCIA DOS DESGOVERNOS DE 13 ANOS DE FRAUDES E VAGABUNDAGEM COM O DINHEIRO PUBLICO.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome