Cooperativa financeira do Vale do São Francisco faz balanço positivo de 2019

0
Foto: divulgação

A Sicredi Vale do São Francisco, instituição financeira cooperativa com mais de 5 mil associados, está concluindo o ano de 2019 fazendo um balanço positivo a partir do crescimento de 23% nos negócios realizados com seus associados e a inauguração de mais uma agência, em Senhor do Bonfim, no norte baiano. Os resultados, que revelam um aumento dos ativos de R$ 106 milhões em 2018 para R$ 130 milhões agora em dezembro, foram divulgados na última segunda-feira (16) pela diretoria da cooperativa.

De acordo com o superintendente da Sicredi Vale do São Francisco, Albérico Pena, 2019 foi um ano bastante produtivo que se encerra com a certeza de que os próximos anos serão de crescimento. Com um projeto de planejamento estratégico para o quadriênio 2020/23, o superintendente adiantou que a cooperativa tem como meta, logo para o próximo ano, ultrapassar os R$ 200 milhões de ativos totais e conquistar 1.200 novos associados (pessoas físicas e jurídicas) de todos os segmentos produtivos da região.

Além de Petrolina, Afrânio, Lagoa Grande e Santa Maria da Boa Vista(em Pernambuco), a Sicredi está também em Juazeiro, Senhor do Bonfim, Curaçá e Jaguarari (na Bahia). “Até 2023, vamos expandir o Sicredi Vale do São Francisco com uma nova agência em Petrolina, que já está em construção na avenida da Integração, e inaugurando também outras unidades nas principais cidades do norte da Bahia e do oeste pernambucano.

Portfólio

Disponibilizando um portfólio de produtos e serviços com mais de 300 soluções, a exemplo das maquinetas de cartões de débito e crédito, empréstimo consignado, financiamento para projetos de energia solar e a conta digital Woop, o Sicredi Vale do São Francisco tem a garantia e os benefícios da primeira instituição cooperativa financeira do Brasil que hoje conta com mais de 4 milhões de associados em 1.800 agências distribuídas em 22 estados e no Distrito Federal. Uma entidade onde o associado tem a seu favor taxas de juros reduzidas, rendimentos normalmente superiores aos de mercado e um diferencial único: o associado é o dono do negócio e decide junto. (Fonte: CLAS Comunicação)

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome