Compesa rebate Miguel Coelho e afirma que gestão municipal “insiste em politizar” questão da água e esgoto em Petrolina

12

Por meio de nota enviada a este Blog pela assessoria de comunicação, a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa) rebateu as críticas do prefeito reeleito de Petrolina, Miguel Coelho, acerca da licitação do serviço de água e esgoto no município, que foi novamente suspensa pelo TCE-PE. A ação foi movida pela empresa.

Entre outras justificativas, a Compesa afirma que tem resultados positivos no setor em Petrolina, mas a gestão municipal insiste em politizar o tema.

Confiram:

NOTA DE RESPOSTA

Em resposta às críticas do prefeito de Petrolina, Miguel Coelho, ao trabalho desempenhado pela Compesa, a Companhia esclarece que são infundadas as afirmações sobre a ineficiência na prestação dos serviços de água e esgoto aos petrolinenses e ausência de investimentos no setor.

Mesmo a prefeitura atuando sempre para politizar um tema tão importante para a população e, ainda, sempre querendo desacreditar o trabalho exercido com compromisso pela Compesa, os resultados surgem em números de atendimento à população.

Hoje, são realizados serviços de desobstrução de redes coletoras de esgoto no prazo médio de 45 horas, superando o prazo da ARPE, que é de 72 horas. Já o tempo médio de atendimento às solicitações de reparo nas redes de água é de 42 horas, uma média inferior, mais uma vez, ao prazo instituído pela ARPE, de 48 horas.

Petrolina figura entre as 30 melhores cidades no ranking 2020 do Instituto Trata Brasil, com 100% no atendimento de água e 83,5% no atendimento de esgoto. Isso é fruto dos investimentos sistemáticos em projetos e obras no município. Nos últimos 10 anos, os investimentos em expansão e melhoria dos sistemas de abastecimento de água e esgotamento sanitário somam R$ 200 milhões e, somente nos últimos 18 meses, cerca de R$ 4 milhões foram investidos em diversos bairros, a exemplo da  Cidade Universitária e Alto do Cocar II, Idalino Bezerra, Jatobá, Rio Jordão e Loteamento Geovana. Como é de amplo conhecimento, no último mês o Governo do Estado autorizou o início da obra de ampliação da segunda etapa do Sistema de Esgotamento Sanitário de Petrolina – Bacia do Jatobá, beneficiando 5 mil petrolinenses. Somando esta obra à que está em execução no bairro Park Massangano, a Compesa ampliará para 86% o seu índice de cobertura de esgoto em 2021.

Compesa/Ascom

12 COMENTÁRIOS

  1. Pura mentira dessa Compesa, o Bairro Henrique Leite não tem saneamento básico e o povo é obrigado a tirar do seu próprio bolso o dinheiro para construir uma fossa negra, é mentira dessa Compesa o bairro Henrique Leite entre outros vivem um descaso total dessa empresa. Fora Compesa

  2. Serviço desrespeitoso e caro. A Compesa já deu faz muito tempo. Não se trata de politização, mas de atender a um anseio do povo. O contrário será se vier alguém elogiar a compesa aqui, aí sim, eu digo que estão usando seus capachos para defenderco indefensável. Antes de falar de obras no Park Massangano lembre que nos deixaram 20 anos em meio ao esgoto. Sabe o que são 20 anos lidando com fedor e pragas?? Acho bom verificarem a qualidade da obra no Park Massangano pois do jeito que está sendo feita a nova empresa terá que refazer.

  3. Que a Compesa presta um serviço muito ruim isso é verdade. É inquestionável.
    Mas que Miguel está fazendo politica barata, baixa, também é verdade e isso é inquestionável. Nesse joguinho de infantis, quem perde é o povo.
    O que Miguel quer é privatizar o serviço de água e esgoto. Só que privatização no Brasil é privatizar os lucros e deixar estatizado os prejuízos. Vejam o que aconteceu no Amapá, quase um mês sem energia e a empresa privada nem se deu ao trabalho de resolver o problema, quem está no sufoco resolvendo é o governo.

  4. Compesa Mentirosa, Antônio Cassimiro todo dia estoura um esgoto,a Compesa não presta atendimento pq diz que o esgoto é torrencial e temos que nos reportar a prefeitura, então aqui a Compesa nunca funcionou

  5. Sabemos que a Compesa tem suas falhas,mas na hora que for privatizada,neguinho segure os bolsos, que o valor da conta vai estourar,basta comparar com o absurdo que pagamos hoje pela energia.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome