Fiscalização de comércio ilegal de fogos de artifício continua em Juazeiro até dia 29

por Carlos Britto // 24 de junho de 2009 às 18:35

fiscalizacao-barracas-fogos2Prossegue até a próxima segunda-feira (29) a fiscalização ao comércio ilegal de fogos de artifício em Juazeiro. A iniciada é coordenada pela equipe da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Serviços Públicos (Seihasp) em parceria com o Corpo de Bombeiros.

Cada comerciante que for flagrado vendendo ilegalmente os artefatos, deverá suspender de imediato as vendas. As equipes da Seihasp e dos bombeiros está percorrendo todos os bairros para verificar se a determinação está sendo obedecida. O único local liberado pela prefeitura de Juazeiro para comercializar fogos de artifício é o João XXIII.

A população pode também denunciar quem esteja vendendo de forma ilegal esse tipo de produto, pelo telefone: (74)3612-3567.

Fiscalização de comércio ilegal de fogos de artifício continua em Juazeiro até dia 29

  1. Irmão Disney disse:

    A população precisa ser parceira da Secretaria (Seihasp) e Corpo de Bombeiros, para denúnciar essas irregularidades que expõem vidas ao perigo iminente. As pessoas infelizmente gostam de apoiar-se em argumentos descabidos, do tipo: “Mas, é o ganha pão deles”. Aí, cabe a pergunta: E antes do viviam? E, mais: Alguns recursos temporários em detrimento da vida. Quantas mortes os meios de comunicação não tem noticiado decorrentes dessas irregularidades. O interessante é que quando elas ocorrem, vem as lamúrias, o choro, a comoção, a murmuração. Onde estava Deus que não evitou essa desgraça? Resposta: “Nos céus, estabeleceu o SENHOR o seu trono” (Salmo 103.19). A pergunta de Deus é: “Por que, pois, se queixa o homem vivente? Queixe-se cada um dos seus próprios pecados” (Lamentações 3.39). Tomemos conselho de Deus para nossas vidas. “Toda a Escritura é inspirada por Deus e útil para o ensino, para a repreensão, para a correção, para a educação na justiça” (2Timóteo 3.16). DEUS É BOM!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *