Comerciante é morta após se negar a dar cigarro a homem em Ouricuri

1

acusadoUm crime bárbaro chocou a população de Ouricuri (PE), Sertão do Araripe, ontem (11). Uma idosa, de 72 anos, foi morta brutalmente por um indivíduo em seu próprio comércio, no Centro da cidade.

Dona “Deta”, como era conhecida, foi assassinada com um golpe de faca desferido por Joanderson Barbosa, 22 anos, na altura do pescoço, após se recusar a dar uma carteira de cigarro ao acusado.

Joanderson foi pego por populares, que acionaram a polícia. Em seguida ele foi recolhido à delegacia.

víitma deta ouricuri

(fotos/reprodução WhatsApp)

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns aos direitos humanos, OAB, o PT, PSOL, Maria do Rosário, Jean Willis, e a todos os pseudo-sociólogos e antropólogos que transformaram bestas humanas em coitadinhos e cidadãos em opressores, vocês criaram a geração mais perversa, improdutiva e violenta da história brasileira.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome