Com vazão aumentando, prefeitura continua monitorando ribeirinhos de Juazeiro

por Carlos Britto // 19 de janeiro de 2022 às 12:29

Foto: Luan Medrado/PMJ

Com a vazão da Barragem de Sobradinho (BA) chegando ontem (18) a 2.800 metros cúbicos por segundo (m³/s) de água, a Prefeitura de Juazeiro (BA) continua acompanhando atentamente as áreas ribeirinhas que podem ser atingidas com a elevação do nível do Rio São Francisco. A equipe de monitoramento percorreu as ilhas Culpe o Vento e Nossa Senhora das Grotas.

Segundo a assistente social da Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (Sedes), Danielle da Silva Barros Santos, o serviço garante proteção a todos que possam ser afetados com a atual situação do Rio São Francisco. “Estamos fazendo um trabalho de prevenção com as famílias para que elas tenham a oportunidade, neste momento, com a cheia do rio, de estarem podendo sair do local com segurança e, além disso, não haver perda dos seus bens materiais. Então, nós estamos fazendo um cadastro para mapear as famílias que se sentem ameaçadas com o aumento da vazão. Se elas tiverem o anseio em sair do local, a Prefeitura já está com uma equipe montada no Colégio Paulo VI para recebê-los“, explicou.

A aposentada Amaralina Batista, de 77 anos, está convicta de que pode contar com a prefeitura. “Acho muito boa essa ação, pois precisando já sabemos a quem recorrer. Ficaremos em alerta“, disse. Já o pescador aposentado Augusto dos Santos, 88, ressaltou a importância da ação. “Esta visita está nos prevenindo e assegurando, ficamos muito contentes e agradecemos”, pontuou.

Acompanhamento

Para o coordenador da Defesa Civil de Juazeiro, Ramiro Cordeiro, o acompanhamento garante que os ribeirinhos possam se proteger contra possíveis transtornos causados pela subida do nível do rio. “Foi uma visita muito produtiva, a gente está fazendo esse monitoramento muito importante para poder ver como está a situação das pessoas que residem nas ilhas. É de extrema importância que a gente acompanhe todos os dias a evolução da situação do rio. Nas áreas ribeirinhas, a gente está passando as orientações para que os moradores possam estar seguros e não tenham prejuízos“, frisou.

A equipe de monitoramento é formada por membros da Defesa Civil, Secretaria de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES), Secretaria de Obras e Desenvolvimento Urbano (Sedur), Secretaria de Cultura, Turismo e Esportes (Seculte) e guarda-vidas da prefeitura.

Com vazão aumentando, prefeitura continua monitorando ribeirinhos de Juazeiro

  1. Pedro disse:

    Sem necessidade essa ‘cheia’ de imediato. Os dados do boletim da ANA indicam volume de 65% em Sobradinho, que pode suportar a vazão do Rio por vários dias. Foi o que a Cemig fez em três Marias. Deve ser para gerar energia, pois a vazão em Petrolandia tá grande. Que Chesf justifique essas ações ao invés de soltar boletins ditatoriais.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.