Com alerta para desigualdade e violência, paróquias e pastorais de Juazeiro preparam-se para 24º Grito dos Excluídos

0

Pelo 24º ano, as pastorais sociais e representantes das Paróquias da cidade de Juazeiro (BA) sairão no desfile do Dia da Independência para promover o Grito dos Excluídos. Neste ano o tema será ‘Desigualdade gera violência; Basta de privilégios’. “Convocamos todos e todas a estarem conosco nesse momento importante para a defesa e luta dos nossos direitos. A organização será similar ao ano de 2017, em formato de pelotões, onde cada paróquia trará uma temática simbolizada através de uma faixa”, explica Elio Batista, um dos organizadores e representantes do Regional Juazeiro, conselho que reúne as paróquias e pastorais da cidade.

A concentração será às 7h, na Orla Nova, próximo ao Vaporzinho, Centro da cidade. “Cada paróquia deverá se organizar e mobilizar um número expressivo de fiéis para a devida participação em seus pelotões”, disse Elio.

Entre os temas a serem levados ao desfile de 7 de setembro pelo Grito dos Excluídos estão a democratização da comunicação, a garantia dos direitos básicos à vida e à dignidade, a construção de um Estado soberano – e não a serviço das elites e dos interesses estrangeiros – e a defesa de uma ecologia integral.

Irão participar com representantes as Paróquias de Santa Teresinha, Santo Afonso, Nossa Senhora de Fátima, Nossa Senhora Aparecida, Catedral, Maniçoba, Santo Antônio e São Cosme e São Damião, além do Setor Pastoral de Carnaíba do Sertão. Entre as pastorais sociais, irão participar a da Mulher e a CPT (Comissão Pastoral da Terra).

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome