Coluna do Blog

0
Foto: Blog do Nill Júnior/reprodução

Deputado x secretário

Não anda nada boa a relação entre o deputado estadual Fabrizio Ferraz e o secretário de Turismo de Pernambuco, Rodrigo Novaes. O estopim foi uma declaração dada por Novaes durante um evento em Floresta, Sertão de Itaparica.

Em pronunciamento na Alepe, o deputado reproduziu um vídeo no qual o secretário declara que “se o prefeito não tiver condições de realizar a Missa do Vaqueiro deste ano, ele o faria”.

O parlamentar repudiou o comportamento do gestor da pasta de Turismo e defendeu que o papel de um secretário de Estado é ajudar o município.

“A afirmação foi execrável. Por que não oferecer ajuda, em vez de criticar? Esse seria o papel de um secretário. Ele prefere desagregar, praticar o discurso do ódio e desrespeitar o povo de Floresta, pois ainda não desceu do palanque e ainda não aprendeu a real missão de um gestor estadual”, pontuou Ferraz.

O parlamentar disse ainda que a 61ª edição da Missa do Vaqueiro está confirmada, apesar de todas as dificuldades que o município vem enfrentando.

O secretario estadual Rodrigo Novaes não se pronunciou sobre o fato, mas é certo que tem enfrentado uma batalha dura, pois há quem jure, que já esteja em campanha eleitoral.

Contra a alienação parental

A deputada federal Marília Arraes (PT) conseguiu aprovar o seu projeto de lei na Comissão de Seguridade Social e Família (CSSF) da Câmara dos Deputados. Ela propôs uma alteração no Código Civil Brasileiro, determinando a obrigatoriedade de participação de pais e mães em processo de dissolução conflituosa de união em oficinas de parentalidade, cujo objetivo é criar uma maneira de evitar e verificar casos de alienação parental e abuso físico ou psicológico à criança. Marília acredita que são instrumentos importantes para a pacificação das relações entre casais envolvidos em divórcios litigiosos e seus filhos, no auxílio da proteção contra uma abordagem destrutiva e que gere conflitos.

Cada vez mais fora

Definitivamente o deputado federal Felipe Carreiras virou oposição ao seu próprio partido, o PSB. Dessa vez ele contrariou as diretrizes da legenda contra o fundo partidário. Ele já foi convidado por Antônio Campos para ingressar no Podemos, e pelo senador Fernando Bezerra para se filiar ao MDB. O rumo vai ser decidido na ‘janela’ da virada.

Paulo Bomfim na peleja

O prefeito de Juazeiro, Paulo Bomfim (PCdoB), se reuniu na segunda-feira (16) com o governador da Bahia, Rui Costa. Mais uma vez solicitou a duplicação do trecho urbano da BA-210, entre o Mercado do Produtor até o contorno de acesso ao balneário do Rodeadouro. O prefeito disse que Rui Costa assegurou que vai ajustar o orçamento e que no início do próximo ano está prevista a autorização para que sejam iniciadas as obras.

Mais polêmica à vista

O vereador governista Elias Jardim (PHS) promete criar mais uma polêmica na Casa Plínio Amorim. Depois de propor título de Cidadão Petrolinense ao presidente da República Jair Bolsonaro, agora ele quer a mesma homenagem a ninguém menos que a ministra Damares Alves (Família, Mulher, e Direitos Humanos). O projeto de Decreto Legislativo já deu entrada nas comissões da Casa.