Coluna do Blog

1

Os vereadores de Petrolina e o jogo para a plateia

A manhã de ontem (28) foi marcada pela presença de motoristas de Uber e de táxis na Câmara de Vereadores de Petrolina para acompanhar as discussões de seus interesses. É tudo que deve ser feito.

A comunidade e classes devem, sim, lutar pelos seus direitos e os vereadores têm a obrigação de ouvir. Precisam ter essa responsabilidade.

Mas não podem atropelar regimentos internos, regras do parlamento e colegas com medo de plateia. Nem do que nós, da imprensa, poderemos dizer. É preciso legislar com responsabilidade cívica.

A vereadora Maria Elena (PRTB) levou uma sonora vaia quando decidiu não jogar para a plateia ontem. Ela nem antecipou o seu voto, nem disse de que lado votaria. Mas fez o certo. Queria apreciar o projeto em plenário só depois do parecer das comissões, como é o rito.

Não pode cair a pilha e legislar na pressão, esquecendo-se dos preceitos legais parlamentares. Aliás, vereador deveria, como um todo, legislar com mais responsabilidade, votando contra ou a favor de acordo com suas convicções, mas não pode quebrar regras ou infringir leis com medo de perder o voto. Precisamos de mais responsabilidades e menos preocupações pessoais. É isso aí.

Aliado até o fim

Mesmo num governo desaprovado pela maioria esmagadora dos brasileiros, o senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) aceitou o convite do presidente Michel Temer para ser o líder do seu governo. FBC sabe que poderá trazer consequências negativas ao encarar esse desafio, sobretudo num ano eleitoral como esse. Mas como aliado de Temer, não poderia dizer ‘não’. Até porque conseguiu captar para Petrolina recursos federais para obras importantes na cidade.

Poderia ser Bandeira

O embate nas urnas que os juazeirenses esperavam ver este ano não vai acontecer. A tão esperada batalha entre os ex-prefeitos Isaac Carvalho (PCdoB) e Joseph Bandeira (SD) ficou só na imaginação, pois o ex-gestor continua batalhando para concorrer à Câmara Federal, enquanto Bandeira luta para conseguir uma vaga na Assembleia Legislativa da Bahia (AL-BA).

Jandir tem força?

Essa tarefa de bater de frente com Isaac sobrou para o também opositor Márcio Jandir. Candidato a deputado federal pelo DEM, o advogado já se mostrou bom de briga e se destaca como uma grande liderança de Juazeiro. Mas será que ele tem representação estadual para conseguir votos e se eleger? Fica a pergunta no ar.

1 COMENTÁRIO

  1. Lamentável, FBC líder do governo Temer, o governo com a maior reprovação da história. Essa ele vai levar no seu currículo, mais vai justificar dizendo que conseguiu recursos para petrolina, esses recursos são do povo e não podem ser conseguidos em troca de apoio que não leva em consideração o bem estar do povo brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome