Coluna da Folha: Justiça cassa vereador de Petrolina e mãe de menina assassinada pode assumir

por Carlos Britto // 25 de agosto de 2021 às 07:00

Foto/Arquivo Blog do Carlos Britto

A Justiça Eleitoral determinou, nessa terça-feira (24), a cassação do mandato do vereador de Petrolina, Carlos Alberto dos Santos, o Júnior Gás, por fraude na cota de gênero nas eleições municipais de 2020. De acordo com a sentença, a cassação abrange o mandato do titular do cargo e suplentes que concorreram pelo Avante.

Declaramos nulo todos os votos atribuídos à referida a agremiação partidária, e consequentemente determino a redistribuição dos mandatos assim conquistados aos partidos políticos que alcançaram o quociente partidário no pleito em questão”, impôs a sentença.

Na decisão, a Justiça determinou ao presidente do Poder Legislativo Municipal que suspenda o exercício do parlamentar e aguarde a comunicação de quem será o substituto da vaga.

Quem pode assumir a cadeira é a ex-candidata do PSOL, Lucinha Mota, que recebeu cerca de 3 mil votos em novembro de 2020. Lucinha é mãe da menina Beatriz Angélica Mota, que foi assassinada aos sete anos em um colégio particular de Petrolina (em dezembro de 2015).

Na última visita do governador Paulo Câmara (PSB) a principal cidade do Sertão, neste mês, Lucinha foi impedida de entrar no local para protestar. Mesmo assim, se posicionou em frente à Escola que recebia o governador, e com auxílio de um microfone e uma caixa de som, protestou. “Ninguém vai me impedir de falar, eu pago os meus impostos e estou em um local público, ninguém vai me tirar daqui não, só se for à força, quero ver quem tem coragem”, desafiou.

Ela também foi candidata a deputada estadual em 2018, pelo mesmo partido, o PSOL.

Reforço

Na Mata Norte, o deputado estadual Gustavo Gouveia (DEM) esteve ao lado do prefeito de Paudalho (PE), Marcelo Gouveia (PSD), para se reunir com o ex-prefeito de Condado (PE), Edberto Quental (DEM). A reunião serviu para oficializar a parceria política e reforçar a ampliação de sua base na região.

Companhia de Águas

Com direito a críticas pontuais da oposição e muitas dos governistas contra a Companhia Pernambucana de Saneamento (Compesa), a Câmara Municipal de Petrolina aprovou o Projeto de Lei que autoriza a criação da Companhia de Saneamento e Águas do Sertão (SAAS). A proposta de uma nova concessionária para gerir o serviço de água e esgoto de Petrolina vinha sendo trabalhada pelo prefeito Miguel Coelho (MDB) desde o seu primeiro mandato.

As contas chegaram

A Câmara de Vereadores de Cabrobó (PE) recebeu parecer prévio emitido pelo Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE-PE), referente ao exercício financeiro de 2014, do então prefeito Auricélio Torres. O relator do processo recomendou a aprovação, com ressalvas, das contas. O presidente da Casa, vereador Rony Russo, já enviou o parecer do TCE às comissões para serem apreciadas antes da votação em plenário.

Novos quadros

O deputado estadual João Paulo Costa (Avante) colocou o pé na estrada e foi participar da convenção que oficializou a candidatura de Marili Catão e Verônica Castor – prefeita e vice-prefeita na cidade de Palmeirina (PE) -, no Agreste. Ele levou com ele os ex-prefeitos Eudson Catão  e Carlos Timóteo.

Coluna da Folha: Justiça cassa vereador de Petrolina e mãe de menina assassinada pode assumir

  1. Francisco disse:

    Se todos que fizeram malandragem política em Petrolina (desde a compra vergonhosa de votos), a minha satisfação seria maior. O fato é que a limpeza começou e isso já é uma boa notícia. Que o povo deixe de ser conivente com a malandragem política e faça o resto nas urnas, a começar nas eleições do ano que vem.

  2. gilvan disse:

    aqui se faz aqui se paga foi muita esquema nessa eleição passada mas a justiça foi feita

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *