Coluna da Folha: A eleição considerada impossível e o novo e improvável aliado

por Carlos Britto // 05 de janeiro de 2023 às 07:00

Foto: Blog do Silva Lima/reprodução

Em Cabrobó, no Sertão do São Francisco, as peças já estrão se movendo com os olhos voltados para as próximas eleições municipais de 2024.

Vereador da oposição e indicado a presidente pela chapa montada pela situação, o vereador Paulo Gonçalves (PDT) assumiu no último domingo (1) a presidência da Câmara de Vereadores do município. Os vereadores aliados do prefeito Galego de Nanai (Avante) montaram a estrutura, venceram a eleição e ainda levaram o novo presidente para fortalecer o time da base, abandonando a oposição.

Nós ouvimos a população de Cabrobó, que tem dado uma aprovação muito grande ao governo de Galego de Nanai. Ele e sua equipe têm tentado o tempo todo conversar com a gente para ajudar a construir uma Cabrobó melhor. Foi com esse sentimento que nós viemos. Primeiro começando por mim, com o gesto de me indicar para presidência, mesmo eu estando na oposição naquele momento. Aí eu o vereador Glênio e o vereador João Pedro, são dois amigos eu tenho, sempre estiveram comigo nas articulações, quando conversei com eles me surpreendi, porque eles estavam com o mesmo pensamento que eu”, afirmou o novo presidente, eleito por unanimidade.

Paulo afirmou que acha que fez a escolha certa e lembrou suas origens humildes.

Eu vim da roça mesmo, não nego minhas origens. É uma importância muito grande, de muita reflexão. Isso representa o povo humilde, assumindo os espaços de poder para que possa trazer os reclames, os sofrimentos da população, não de ouvir falar, mas de quem sentia na pele tudo isso. Pude vivenciar essas situações. Eu espero estar sempre lembrando de onde vim e o que eu represento”, discursou o presidente.

A nova composição da Mesa Diretora agora tem Paulo Gonçalves como presidente; João Pedro Novaes, vice-presidente; Wagner Sarapó, 2º vice-presidente; Karla Amando, 1ª secretária; e João da Saúde. 2º secretário. O prefeito passa a ter, na Casa Epaminondas Hipólito Lima, o apoio de 9 dos 13 vereadores que formam o poder legislativo.

O primeiro petardo

Começaram mais cedo do que se esperava as reações contra o governo Raquel Lyra (PSDB). O PSB, que tanto apanhou, não perdeu a oportunidade de alfinetar a governadora no caso do decreto dos servidores. “Negando a necessidade de uma transição profissional, só anunciando sua equipe no penúltimo dia do ano, a governadora queimou uma etapa fundamental de troca de informações entre antecessores e sucessores que poderia ter evitado erros graves, como o do decreto em revisão”, afirmou a legenda. A guerra está apenas começando.

Juntando

O prefeito de Arcoverde, Wellington Maciel (MDB), autorizou a gestão a abrir o edital de captação de recursos para as empresas interessadas em veicular seus anúncios publicitários no são João do município que acontece durante o mês de junho. “Trata-se de um período bastante favorável para os patrocinadores do nosso São João, possibilitando que nos diversos polos de animação espalhados, cerca de 70 mil pessoas por dia vejam as marcas que investem fortemente nesta temporada, que envolve o aquecimento da cultura, do turismo e do desenvolvimento econômico local, abrangendo excursionistas, visitantes e nativos”, afirmou o prefeito, que quer garantir um grande evento esse ano.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.