Coligação de Raquel derruba no TRE-PE pesquisa que apresentava “inconsistências”

por Carlos Britto // 14 de outubro de 2022 às 20:00

Foto: TRE-PE/reprodução

O Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco (TRE-PE) suspendeu a divulgação de pesquisa de intenção de voto realizada pela empresa Nervera Serviços de Informática Ltda. A decisão atende a um pedido apresentado pela Coligação ‘Pernambuco quer Mudar’, da candidata a governadora Raquel Lyra (PSDB). Embora a empresa tenha registrado a pesquisa no sistema PesqEle, sob o número PE-07018/2022, foram identificadas inconsistências entre o que foi informado ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) no momento do registro, e o que foi executado. O descumprimento gerará uma multa de R$ 500 por dia.

A principal discrepância entre o registrado e o realizado é a inclusão de perguntas sobre a intenção de voto para presidente no questionário, quando o registro se refere ao levantamento sobre os cargos de senador e governadoras. Sendo esta pergunta a primeira, poderia existir o risco de indução do respondente.

“É dizer, por se detectar que os questionamentos específicos acerca da opção de voto de Presidente da República terem sido feitos antes daqueles pertinentes à intenção de voto aos cargos de Governador e Senador, têm-se tal como apto a virtualmente, eminentemente poder contaminar a higidez da pesquisa, especialmente diante de se ter no atual pleito sistemáticas tentativas dos candidatos a Governador do Estado se postarem como o sendo de determinado candidato a Presidente da República”, explica  Dario Rodrigues Leite Oliveira, desembargador eleitoral auxiliar, relator do pedido de liminar.

Coligação de Raquel derruba no TRE-PE pesquisa que apresentava “inconsistências”

  1. Deus não existe disse:

    Hum, pra quem acha que vai ganhar com os pés nas costas deveria deixar a pesquisa rolar. Do contrário deixa transparecer que as pesquisas anteriores não são muito confiáveis. Lemvrrm-se que no final quem vai decidir é o eleitor.

  2. PENSADOR disse:

    Quem deveria decidir era o ELEITOR, mas nesse mundo de Teologia da Libertação inculcada na cabeças dos incautos, das pessoas sem maldade, quem decide uma eleição é o dinheiro, que faz com que seu voto na urna, seja direcionado para o oponente. A Esquerda quer dominar o mundo pregando a igualdade e tudo de bom, mas na prática fazem exatamente o contrário, quer ver? vá no google, youtube ou outro e veja o modo de vida de Venezuelanos, Cubanos, Vietinamitas, Coreanos do Norte e China. Nesses Países a morte por fome está presente em todas as Regiões. As URNAS são fraudáveis, essas pesquisas são tendenciosas e mais, por mais que uma pesquisa fosse feita corretamente, ainda assim não seria verdadeiro o seu resultado, basta imaginarmos que existem 156 milhões de eleitores, e numa dessas pesquisas se entrevistam 1.500 eleitores, hora, um eleitor estaria respondendo por 10 milhões de eleitores? isso é totalmente errado. Em Petrolina existe o IBOF = Instituto Brasileiro de Opiniões Falsas, esse realmente acerta todas as pesquisas, pois tem conhecimento notório em Mimeógrafo a Alcool, e sua margem de erro é de 100%, logo não erra nunca. Lembrem-se na hora de votar, Pernambuco entes era o 3º PIB da Federação, hoje, depois dos Arraes, Pernambuco está em 10º, vocês querem que isso continue? vejam a nossa economia pernambucana, basta ver que não temos nenhum Clube de Futebol na 1ª Divisão, são dois Times na 2ª e um na 3ª Divisão, isso é resultado da economia ruim do Estado.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.