Codevasf realiza peixamento na zona rural de Petrolina. Cristália é a próxima

por Carlos Britto // 14 de maio de 2009 às 22:31

entrega-de-peixeA zona rural de Petrolina se encaminha para criar mais uma fonte de renda ao homem do campo – a criação de peixes em açudes e barreiros – incentivada pela 3ª Superintendência Regional da Codevasf.

A iniciativa começou pelo povoado de Caititu, a cerca de 100 quilômetros de Petrolina, quando técnicos da Companhia entregaram 10 mil alevinos das espécies carpa e tambaqui aos agricultores. Nesta sexta (15) o peixamento vai acontecer em Cristália, com a entrega de 30 mil alevinos.

Além da distribuição das espécies, os agricultores recebem instruções dos engenheiros de pesca sobre a forma correta fazer o peixamento, como também ficam sabendo tudo sobre a alimentação desses peixes, á base de milho triturado.

Para se ter uma idéia de como a atividade pode gerar bons frutos, em um ano os 10 mil alevinos distribuídos em Caititu devem produzir uma tonelada e meia do pescado.

De acordo com o superintendente da 3ª SR Codevasf, Luís Eduardo Frota, além de Caititu, devem receber investimentos pesqueiros as localidades de Cristália, Cruz de Salina, Uruais, Pau Ferro, Baixa Alegre e Rajada, todos da área de sequeiro em Petrolina. “A Codevasf vai monitorar o desenvolvimento desses alevinos para saber o quanto essa atividade pode ser rentável para os agricultores” explica Frota.

Para o superintendente, a piscicultura tem um atrativo não apenas econômico. “A carne do peixe é mais rica em proteína que a de bode, uma das mais consumidas na região”.

Com informações e foto da Ascom/Codevasf

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *