Chefe geral da Embrapa incentiva Fruticultura do PI

por Carlos Britto // 20 de janeiro de 2009 às 10:13

O chefe-geral da Embrapa Semi-árido em Petrolina, Natoniel Franklin de Melo, disse, na manhã desta segunda-feira (19), que o Piauí está no caminho certo ao incentivar a produção de uva e de outras frutas tropicais. Ele reconheceu que o solo piauiense é de qualidade superior, por ser mais arenoso.
Ao considerar positiva a idéia do Governo do Estado, Natoniel Melo explicou que a Embrapa de Petrolina produz tecnologia para todo o semi-árido nordestino, que compreende cerca 1 milhão de quilômetros quadrados, boa parte deles no Piauí, e a experiência mostra que este é o melhor caminho para o Nordeste.

Em Petrolina, as principais culturas são a uva e a manga. “A manga ocupa uma área de 22 a 24 mil hectares, e a uva, uns 10 mil hectares, sendo que a uva produzida aqui responde por até 92% das exportações da fruta no Brasil”, acrescenta. Ao confirmar sua presença no 1° Festival da Uva de São João do Piauí, que tem início no próximo dia 29, Natoniel Melo fez questão de destacar a participação da Codevasf neste processo. “A Codevasf tem sido uma parceira muito importante em tudo isso”, concluiu.

Chefe geral da Embrapa incentiva Fruticultura do PI

  1. Jair Lima disse:

    Enquanto na Região do São Francisco, a Codevasf e a Embrapa estão jogadas as traças… nem muda de erva-sal tem disponível mais…

  2. ATENTO disse:

    Acredito q

  3. ATENTO disse:

    Acredito que o Sr. Jair Lima não conhece nem a Embrapa e tão pouco a Codevasf para fazer tal comentário… Procure as instituições, acesse os sites da Embrapa Semi-Árido e da Codevasf, com certeza o senhor terá uma bela surpresa ao ver o tantas tecnologias disponíveis, para todas as áreas… pesquisa, visite, não fale o que não sabe…

  4. OBSERVADOR disse:

    Assino em baixo no que foi dito pelo ATENTO, como uma pessoa pode falar de qualquer instituição sem conhece-la antes, portanto Sr. Jair Lima procure se informar antes de se queimar.

  5. "Barakubama" disse:

    Será?

  6. Francisco disse:

    As instituições federais no governo Lula tem experimentado uma melhoria interessante. Novos concursos tem sido abertos e o quadro de funcionários tem sido renovado. No caso da Embrapa foi criado inclusive em 2008 um PAC da Embrapa, que tem como metas, dentre outras, a criação de 3 novos Centros de Pesquisa e a contratação de 2.000 novos pesquisadores. A Embrapa está presente hoje na Africa, na Venezuela, nos Estados Unidos, Na França, e outros Escritórios serão abertos. É um novo tempo quando novas pesquisas são desenvolvidas. E no caso especifico de Petrolina existem 2 unidades: A Embrapa Semi-Arido e Embrapa Transferencia de Tecnologia. A Embrapa Semi-Árido tem a cada dia apresentado novas pesquisas inclusive temos agora um Laboratório de Vitivinicultura, e na Embrapa Transferencia de Tecnologia, que tem o papel inserir na sociedade as tecnologias da Embrapa, dentre outras atividades, tem nesse momento um Convenio com o MDA com objetivo de repassar pra aquele Ministerio cerca de 2.000 toneladas de milho e 1.000 de feijão para a Agricultura familiar de todo o Nordeste.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.