Chapa de Raquel e Priscila ganha na justiça direito de divulgar denúncia contra PSB

por Carlos Britto // 04 de setembro de 2022 às 18:58

Foto: Bruno Campos/JC Imagem

A campanha da candidata ao Governo de Pernambuco, Raquel Lyra (PSDB), impediu na Justiça Eleitoral uma tentativa de censura feita pelo PSB sobre denúncia de irregularidade na conta de água cobrada pela Compesa à Arena Pernambuco. A denúncia foi feita em 2018 pela deputada estadual Priscila Krause (Cidadania), candidata a vice-governadora, que mostrou mais um caso de desperdício do dinheiro público do governo do PSB.

A conta da Compesa cobrada à Arena chegou a R$ 1,2 milhão, valor que caiu para menos de R$ 40 mil, após a denúncia de Priscila. O assunto foi comentado por Raquel e Priscila em vídeo que o PSB tentou tirar das rádios e TVs, além de tentar tirar o tempo de propaganda eleitoral da federação PSDB-Cidadania.

Em sua decisão, a desembargadora Virgínia Gondim Dantas cita matérias publicadas pela imprensa pernambucana, na época, e lembra que “o direito à liberdade de manifestação do pensamento está consagrado na Constituição da República (art. 5o, IV), encontrando-se protegida, portanto, a livre manifestação da opinião, e proibida a censura”.

Chapa de Raquel e Priscila ganha na justiça direito de divulgar denúncia contra PSB

  1. Thiaro disse:

    Elas e Miguel, ganharão o que Quitéria ganhou na capoeira, rasteira…..

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.