Centro de Piscicultura do Bebedouro ganhará quase R$ 90 mil em investimentos

1

Piscicultura BebedouroPiscicultura Bebedouro 2Novos investimentos da Codevasf, realizados em parceria com o Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), vão otimizar a produção de alevinos para ações de incentivo à piscicultura na região do semiárido de Pernambuco. A ação ainda irá contribuir para a recomposição ambiental do trecho pernambucano do Rio São Francisco.

São cerca de R$ 90 mil – recursos do MPA – voltados para a melhoria da estrutura do Centro Integrado de Recursos Pesqueiros e Aquicultura do Perímetro Irrigado Bebedouro (3º CIB), na zona rural de Petrolina.

A estação de piscicultura do centro existe há mais de 30 anos e tem produção anual média de cinco milhões de alevinos, destinados a uma série de ações da superintendência da Codevasf em Pernambuco e também de outras superintendências, como as de Bom Jesus da Lapa e Juazeiro (ambas na Bahia), e a de Teresina (no Piauí).

Entre as melhorias a serem feitas está a colocação de telas antipássaro nos 16 viveiros existentes no 3º CIB – um investimento de R$ 55,9 mil para evitar que os predadores tenham acesso aos tanques e ataquem os alevinos –, além da construção e da cobertura da estação de tratamento de água visando à proteção dos filtros do laboratório de larvicultura. Nesta última ação estão sendo aplicados R$ 21,8 mil. A conclusão das duas obras está prevista para 90 dias.

O Centro produz alevinos de 15 espécies de peixes, entre elas surubim, piau, dourado e curimatã. As espécies exóticas mais utilizadas são a tilápia e o tambaqui. (Fonte/fotos: Ascom Codevasf)

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome