Carro de policial federal assassinado em Juazeiro é encontrado incendiado

3

O carro do policial federal Wilson Teixeira Neto, de 41 anos, que foi morto a tiros no estacionamento da Rodoviária de Juazeiro (BA), na noite de ontem (29/02), foi localizado pela polícia na manhã de hoje (1º/03).

O veículo – levado por bandidos após assaltarem o agente – foi incendiado entre os municípios de Filadélfia e Ponto Novo, no norte baiano. Segundo informações, os bandidos também levaram a arma do policial.

Após reagir ao assalto, Wilson foi baleado no tórax e morreu ainda na noite de ontem. Os bandidos ainda não foram localizados pela polícia, mas as imagens de câmeras de segurança da Rodoviária já estão sendo analisadas pela polícia.

Natural de Pilão Arcado, no norte da Bahia, o policial era lotado na sede da Polícia Federal de Juazeiro desde o ano passado. Teixeira estava na PF desde 2011. Ainda não há informações sobre o sepultamento. (fotos/reprodução WhatsApp)

3 COMENTÁRIOS

  1. Petrolina e Juazeiro. “Violência recíproca “

    Amigos, cada dia mais preocupado com a situação da violência em Juazeiro e Petrolina. Cidades irmãs, de estados irmãos que antes era refúgio daqueles que queriam qualidade de vida e tranqüilidade para oferecer aos seus familiares. Hoje infelizmente, já padecemos com os mesmos males dos grandes centros. São casos absurdos, dignos de filmes de terror o que temos presenciado atualmente em nossas duas cidades e região. Infelizmente a sensação de impunidade que os bandidos festejam, regada ao requinte de poderoso fertilizante, a corrupção sem controle praticada por nossos governantes em todos os escalões. O crescimento da violência não é de responsabilidade das policias, que arduamente tentam lutar contra esse câncer. Porém, policia mal remunerada, mal treinada, mal aparelhada, mal instalada se torna refém desses marginais que comemoram todos os dias e vêem colecionando sucessivas vitórias. O caso do professor de musica assassinado brutalmente na frente de seus alunos na Lagoa de Calú; os casos de crianças seqüestradas, estupradas e mortas em Petrolina; O caso da menina Beatriz, assassinada covardemente no local aonde a mesma deveria estar segura, a ESCOLA; o caso agora, do policial federal Wilson Teixieira, vitima de latrocínio na rodoviária de Juazeiro. AONDE VAMOS PARAR?? Somos cidadões acuados. Vivendo com medo de nossas próprias sombras. É preciso que façamos algo para reverter essa situação. Infelizmente não podemos ir às ruas armados eliminar os bandidos. Mas, é possível nas ruas, protestarmos pacificamente contra tudo isso que esta ai. É possível com o poder do nosso voto, expusarmos esses bandidos de colarinho branco, que entra ano e sai ano, se revezam no comando dessa grande FACÇÃO CRIMINOSA, chamada “GOVERNO”. Em breve teremos eleições. Vamos começar a varrer para o lixo, esse lixo que nos governa.
    Muito obrigado! QUE DEUS NOS PROTEJA!!

  2. Muito bem tudo isso e afalta de impunidade porque quem fez aslei já fizeram deixando brecha para eles mesmo não caírem aí os outros bandidos são beneficiados infelismente esse do Brasil dos sonhos dos petistas viva ainponidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

cinco × 4 =