Câmara de Petrolina e advogado de vereador detido se manifestam

por Carlos Britto // 05 de setembro de 2022 às 15:15

Em relação à Operação ‘Romani’, da Polícia Civil de Pernambuco (PCPE), que resultou na prisão do vereador Gaturiano Cigano e dois assessores, além de dois policiais militares, a Câmara Municipal de Petrolina, em nome do presidente Aero Cruz, manifestou-se sobre o fato.

Por meio de nota, a Casa Plínio Amorim ressaltou não ter sido notificada oficialmente sobre os fatos e nomes, sendo que, através do noticiado de forma preliminar, não há assessores parlamentares vinculados ao nosso quadro de servidores associados a essa prisão. “Diante disso, esta Câmara Municipal reafirma que seguirá os ditames da Lei Orgânica e do Regimento Interno”, encerrou a nota.

Já Marcílio Rubens Gomes Barbosa, advogado de defesa de Gaturiano, informou que se trata de uma prisão temporária de 30 dias, e que o Juízo da Comarca de Mirandiba ainda não concedeu acesso aos autos processuais. A íntegra da nota do advogado pode ser acessada pelo link.

Câmara de Petrolina e advogado de vereador detido se manifestam

  1. Paulo disse:

    Denovo preso vai usar a mesma desculpa do luladrao sou inocente não fis nada .

  2. Thiaro disse:

    Tem que aprender a escrever primeiro Paulo, depois critica!!!!

  3. João pedrim disse:

    Rapaz não adianta querer atacar com palavras nem ofensa o vereador só tá na Câmara sendo vereador porque o povo elegeu e se for candidato na próxima ele ganha novamente. Que Deus abençoe esse nosso país que è uma vergonha na política.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.