Bolsonaro pede a Congresso Nacional ampliação de posse e porte de armas no país

5
Foto: UOL/arquivo reprodução

O presidente Jair Bolsonaro pediu hoje (29) que o Congresso Nacional aprove a ampliação da posse e do porte de armas no país. Em postagem na rede social Twitter, ele relacionou o crescimento no registro de armas de fogo à diminuição do número de mortes.

“Registro de armas de fogo cresceu 50% no corrente ano, levando-se em conta o mesmo período de 2018. Segundo ‘especialistas’, o número de mortes deveria aumentar no Brasil, mas na prática caiu 22%. Dependo do Parlamento para ampliar o direito à posse/porte para mais cidadãos”, escreveu o presidente.

O presidente da República está na Base Naval de Aratu, unidade da Marinha em São Tomé de Paripe, subúrbio de Salvador. Bolsonaro deixou Brasília na tarde de sexta-feira (27) para passar o recesso de fim de ano na capital baiana. Ele afirmou que a primeira-dama, Michelle Bolsonaro, não viajou com ele porque deve passar por uma pequena cirurgia nos próximos dias. (Fonte: Agência Brasil)

5 COMENTÁRIOS

  1. Legalizado ou não o porte de armas, bandidos no Rio debocham do estado de direito e humilham cidadãos que circulam nas ruas, são obrigados a entrar embaixo de veículos pra se proteger. A diferença é que: COM UMA ARMA O SUJEITO MATA OU MORRE, SEM UMA ARMA SÓ MORRE. Na Suíça um pais de primeiro mundo e pequeno, o jovem presta o serviço militar e, a arma (Fuzil) ele leva com ele a arma que fica em sua posse até o final da vida. Até Hitler na segunda guerra mundial teve, medo de invadir a Suíça embora fosse um pais pequeno. Sou 100% a favor da POSSE DE ARMA pelo o cidadão, a melhor defesa ainda é o ataque, se governos não conseguem combater a contento a marginalidade o povo vai atuar como parceiros. Nos EUA não lembro agora, mais o índice de criminalidade é menor que o Brasil, lá todo mundo pode possuir uma arma, psicopatas tem em todo lugar do planeta, com liberação ou não sempre vai haver crimes com armas.

    • Ah claro, Hitler dominou o país com o maior exército do mundo, que tinha considerável parcela da população armada, mas não quis invadir a minúscula Suíça por que uma dúzia de camponeses tinham umas garruchas velhas em casa… Fala sério! Não invadiu por que não era necessário, os suíços colaboraram intensamente com o esforço de guerra alemão, e em troca recebiam ouro que os nazistas roubavam e até aviões do III Reich.

  2. Essa medida e nada é a mesma coisa, o capitão prometeu facilitar o porte de armas para todos, mas só está facilitando para algumas categorias organizadas, estelionato eleitoral. Além do mais ele não tem provas de que uns e outros a mais armados foi capaz de diminuir vinte e poucos por cento nos homicídios, não tem sequer lógica, pois a quantidade de armas legalizadas por habitante ainda continua baixíssima.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome