Bahia no pódio do ‘Coronelismo eletrônico’

por Carlos Britto // 18 de maio de 2009 às 12:40

Após as eleições do ano passado, a Bahia está consolidada como o terceiro Estado no chamado “coronelismo eletrônico”. Levantamento do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação (FNDC) aponta dez parlamentares baianos como concessionários de canais de televisão e rádios.

São dois senadores, três deputados federais e cinco estaduais. A Bahia é um dos Estados que tem maior força na relação entre o poder político e o poder midiático, segundo o coordenador do FNDC, Celso Schroder. “É um reprodução da velha política coronelista, mas no lugar de jagunços armados, os políticos usam os meios de comunicação para interferir na opinião pública”, disse em entrevista ao jornal A Tarde.

Apenas Minas Gerais e São Paulo estão à frente da Bahia, com 16 e 11 parlamentares, respectivamente, no comando de meios de comunicação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *