Audiência pública sobre novo modelo de vestibular começa. Vereador Alvorlande é contra

por Carlos Britto // 18 de maio de 2009 às 19:17

Estamos neste momento na Casa Plínio Amorim. A audiência pública sobre o novo modelo de vestibular definido pelo Ministério da Educação já começou. Quem fala agora é o vereador Alvorlande Henrique, que está se posicionando contra o novo Enem. Segundo ele, o modelo vai prejudicar os estudantes do Vale do São Francisco, porque o ensino daqui não se equipara a do Sul e Sudeste do país.     

Audiência pública sobre novo modelo de vestibular começa. Vereador Alvorlande é contra

  1. Opara disse:

    Se fosse concorrer com as regiões Sul e Sudeste ou Norte, até que eu ficava mais tranquilo. Pior vai ser concorrer com as Capitais do Nordeste. Essas sim ficam próximas… e os alunos não pensarão duas vezes em ocupar vagas na UNIVASF. A saída eu já dei. É fazer com que as cotas sociais sejam destinadas a alunos que estudem nas cidades do Sertão.

  2. Ednaldo Santos disse:

    Filhos de vereadores não estuda em escola publica.

  3. Sofia disse:

    Muito precipitada a decisão da univasf de acatar o enem como única forma de vestibular, logo no primeiro ano, e a medida das cotas, foi tapar o sol com a peneira, uma vez foi ‘dada’ 50% das vagas da nossa universidade para estudantes onde o ensino público é menos ruim… Mais uma vez ficaremos só com as migalhas…

  4. Deusinelio disse:

    Alvorlande é contra?
    A esta altura, Lula já deve ter enviado José Mucio p/ Petrolina para sanar o impasse…

    KKKKKKKKKKKK

  5. Ivan disse:

    Fiscalize seu município.
    Jaboatão, Cabo, Olinda, Caruaru e Petrolina vão embolsar da União, no próximo dia 25, R$ 707,92 mil, cada um, correspondente às perdas do primeiro trimestre deste ano no FPM. Já municípios pequenos, como Palmeirina, no Agreste, terão restituídos aos seus cofres apenas R$ 62. Confira quanto seu município vai embolsar no site http://www.cnm.org.br

  6. Professor josé Matias disse:

    Está de parabéns o Vereador Alvorlande e Osinaldo, que é contrario a posição prematura e equivocada do diretor Jose Weber, que insiste em aplicar o Enem como fase única. Colocando os alunos do Vale de São Francisco em situação desfavorável em relação à região Sul e Sudeste. Primeiramente o governo teria de equiparar o ensino da região nordeste com Sul e Sudeste para depois unificar. A Univasf foi criada para atender a demanda dos alunos dos Estados Bahia Pernambuco e Piauí. Como a inclusão do enem como fase única os estudantes desses estados serão excluídos do processo haja vista a média da região Sul e Sudeste que atinge 80 numa escala que vai de 0 a 100 enquanto na região nordeste a média nessa mesma escala não chega a 50. Deixando os alunos do Vale do São Francisco excluído do possesso. A Exemplo do Enem de 2007 no nordeste os escritos no exame somaram 857.857 enquanto a região sudeste 1.761.966 se não bastasse as medias altas da região Sudeste o numero de escrito triplica.
    Veja o que pronunciou o discurso do Sr. Ministro Fernando Haddad, “os alunos só serão prejudicados caso as Universidades adotem o Enem como fase única”, ele justifica que há outras alternativas como:
    • Como acréscimo na nota
    • Como primeira fase
    • Para ocupar as vagas dos remanescentes
    • Como fase única “que é a pior”

    A ultima opção é a que o Reitor está aplicando na região do Vale! O Sr. Reitor tem que entender porque ele é da região Sudeste do Espírito Santo que é bem provida de recursos para educação, ele não pode comparar a educação do sudeste como o nordeste que penalizado escassos recursos para educação. Reveja Sr. Reitor, o Sr, está na contra mão desse processo.

  7. Opara disse:

    Professor Matias, de que vale ser contra nessa hora? ele se diz contra, porque nesse momento é politicamente correto ser contra, mas Lula é a favor. Por que não fizeram essa audiência antes? eu cansei de mandar email para este blog, sugerindo uma entrevista com o Reitor muito antes da adesão da UNIVASF ao ENEM. Agora, todo choro não passa de demagogia. É muito político querendo ganhar nome. Lula condicionou o investimento das universidade a adesão ao ENEM. Chantagem pior que essa não existe.

  8. Irena Albuquerque disse:

    De: Dep. Gonzaga Patriota
    Enviada em: terça-feira, 19 de maio de 2009 20:56
    Para: irenalbuquerque@hotmail.com; vitoria_mendeiros@hotmail.com; silvinho19@hotmail.com; ‘saulo brandao’; ‘sergioesousa@ibest.com.br’
    Assunto: ENC: ENEM DA UNIVASF

    Requer o envio de Indicação ao Ministro da Educação e ao Reitor da UNIVASF,
    sugerindo o adiamento da adoção da obrigatoriedade do ENEM no processo de vestibular 2009,
    da Universidade Federal do Vale do São Francisco – UNIVASF.

    tenho as 56 assinaturas de deputados em anexo de email
    entre contato urgente

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *