Assembleia aprova requerimento que indica Ranilson para TCE

4

Ranilson1Agora está sacramentado. A Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) aprovou agora há pouco, em discussão única, o requerimento que indicava o secretário estadual de Agricultura, Ranilson Ramos, para o cargo de conselheiro do Tribunal de Contas do Estado de Pernambuco (TCE).

A indicação já havia sido aprovada na quinta feira (09) por unanimidade na Comissão de Justiça.Todos os parlamentares presentes – apenas os deputados Rildo Braz (PRP) e Oséssio Silva (PRB) não estiveram presente – foram favoráveis à medida.

Na corte do TCE, Ranilson substituirá o conselheiro aposentado e ex-deputado Romário Dias.

4 COMENTÁRIOS

  1. Parabéns Ranilson, essa é uma vitória do homem simples, do homem do campo e, sobretudo, do sertanejo que nunca esqueceu suas raízes. Ser aprovado conselheiro por unanimidade é prova de sua habilidade política e de sua responsabilidade no trato com a coisa pública.
    O Vale do São Francisco perde um representante fiel, mas Pernambuco ganha um grande Conselheiro de suas Contas Públicas, que com certeza nunca irá esquecer suas origens e seus irmãos sertanejos. Bom trabalho.

  2. Em nome do povo de Lagoa Grande quero te Agradecer pelo carinho, amizade e acima de tudo pelo compromisso com nossa querida cidade, Nós reconhecemos que se não fosse as suas intervenções como Deputado Estadual, Diretor no Ministério de Ciência e Tecnologia, Superintendente da Arpe e por ultimo na Secretaria de Agricultura, com certeza não eramos esta Cidade promissora que somos. Pois sem sombra de dúvida 80% das obras publicas no nosso município tem a sua marca . Pois isso meu irmão quero aqui deixar o reconhecimento dos Lagoagrandence e lhe desejar muito sucesso neste novo desafio. Um forte abraço, que Deus continue abrindo seus caminhos.

  3. É o Brasil. Os que não tiverem padrinho, que vão estudar (e muito) para ao menos concorrer ao cargo fiscal de rendas. Colocou a mãe no TCU e Ranilson no TCE. É desistimulante viver em um país de atitudes tão imorais como nosso. Essa senhora e esse senhor vão fiscalizar quem?

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome