Artigo do leitor: Polícia para quem precisa

9

PM santa e sport_274x184Neste artigo enviado ao Blog, o leitor Marcos Brasil critica a forma abusiva como a Polícia Militar de Pernambuco agiu antes do jogo entre Sport e Santa Cruz, semana passada, pelo Campeonato Pernambucano. E deixa seu recado: polícia é para combater marginal, e não destratar os cidadãos, como foi visto.

Confiram:

No jogo Santa Cruz x Sport no domingo de Páscoa, assistimos aterrorizados e atônitos à barbárie praticada por um grupo de trogloditas truculentos, que infelizmente fazem parte da Polícia Militar de Pernambuco. O que a tv mostrou daria muito bem pra ser comparado a cenas de soldados nazistas durante a segunda guerra, conduzindo cidadãos judeus aos famosos campos de concentração.

Tirando o fato de que não vimos nenhum soldado fazendo a famosa saudação hitlerista, de resto vimos de tudo que agride a dignidade da pessoa humana e os princípios fundamentais dos direitos humanos; vimos aqueles feitores da besta, e “pseudo protetores da sociedade” dar tiros de bala de borracha à queima roupa em pessoas inocentes e ordeiras, que o único crime que tinham cometido foi estar em uma fila mal organizada que se dirigia para uma entrada do estádio, que insistia em não ser aberta.

Enquanto isso o show de tortura continuava. Um daqueles algozes de farda deu uma tapa na cara de um inocente que se atreveu a tentar comprar uma garrafa de agua para saciar sua sede. Detalhe: pelas costas, pois é assim o modo operandis de qualquer covarde, use farda ou não.

Ao arrepio das leis,  complacência e  corporativismo de seus superiores, aliada à quase certeza da impunidade, fornecia-se o combustível que movia o barbarismo bestial daqueles ogros de farda, que fazia com que aqueles atos de violência desproporcional e injustificada perdurassem durante horas, pois o que deveria ser uma fila foi transformado por aqueles feitores militarescos em corredor polonês da agonia, praticamente um curral de matadouro, onde o ser humano toma o lugar do gado que aguarda, incauto, sua hora de ser abatido. E tudo isso pra que? Eu lhes pergunto, para enxovalhar mais ainda o bom nome dessa instituição centenária? Para colocar uma pecha definitiva de inimiga da sociedade na briosa Policia Militar de Pernambuco? tolos e patetas de botas!

O máximo que conseguiram foi o desprezo do lado bom da corporação, que já está cansada de ter que andar de cabeça baixa, e ter vergonha de dizer nas rodas de amigos que é um policial, graças a ações desastrosas dessas antas de casernas, que infelizmente se utilizam da farda e do poder que lhe é concedido pelo estado para tocar terror nos inocentes, fracos e oprimidos, sem sequer poupar idosos, mulheres e crianças da sua selvageria sem limites. Será q agiriam com tanta coragem, no confronto com bandidos de alta periculosidade?

Esse tipo de policial militar com certeza não! Enquanto isso, as torcidas organizadas, essas sim mereciam ser tratadas com todo aquele requinte, estão por ai, incólumes e livres para ir aos estádios a hora que quiserem. Já as pessoas ordeiras, as famílias que se comportam como verdadeiros torcedores, estão acuadas, de um lado pelo instinto assassino das organizadas, do outro pela fúria selvagem e psicopata de cães raivosos, que se intitulam policiais. Quem vai ao estádio levante o dedo!!!

Compartilhe essa crônica com todos os cidadãos que acham-se merecedores de respeito.

Marcos Brasil/Leitor

(foto: NE10/reprodução)

9 COMENTÁRIOS

  1. hoje estadio de futebol serve para pessoas ,que não tem medo de briga e de insulto é um lugar onde não se pode se expressar sobre seus pensamentos futebolistico. estadio de futebol tira a policia da rua deixando uma laguna de proteção ao cidadão. hoje frequentadores de estadio se nivelam com os marginais das torcidas organizadas não acredito que a policia venha bater e dar tapas sem criterios.

  2. Virou moda falar mal criticar a PM agora, aproveitar-se situações pontuais para desmoralizarem todo uma corporação.
    Sempre ouvi falar de quem não gosta da PM é bandido, e continuo achando, pois as situações confirmam.
    A PM só tratou marginal como marginal, ou esses tais torcedores agem como gente de bem e civilizados?
    Chamem o Batman quando estiverem em risco!!!
    PARABÉNS E FORÇA À POLICIA MILITAR!!!

  3. queridos seguidores leitores da minha esporadica coluna neste conceituado e noticioso blog do grande carlos britto, obrigado por seus respeitaveis porem incoerentes comentarios,dito isto, passo agora a responde-los um por um dos mesmos. rui2, a sua descrição pessoal sobre o que é estadio e torcedor, me pareceu uma descrição fiel de uma arena romana nos tempos do imperador nero,acho que vc anda vendo muitos filmes épicos do tipo gladiador, quanto aqueles policiais não baterem sem criterio,contra fatos,fotos e filmagens não existem argumentos, reclame com a imprensa, pode ser que tenha sido uma montagem, quem sabe não foram os torcedores que pegaram aquelas armas e atiraram em si mesmos,talves ate se descubra que aquele torcedor que tentava saciar sua sede, na verdade, foi quem jogou seu proprio rosto com toda força nas mãos delicadas daquele policial. querido arrais, espero não estar falando com o fantasma do nosso ex governador, mas vamos la ,vc esta com um problema monstro, chama-se dificuldade para compreenção de textos, em nenhum momento do texto falei mal da briosa policia militar de pernambuco ,falei muito mal sim, de alguns elementos que estão infiltrados em suas fileiras, que felismente são a menoria, e que a todo custo tentam envergonha-la e desonra-la. por siinal, todos nos cidadãos de bem seguidores da lei e cumpridores do dever gostamos da policia, o que nos odiamos são apenas aqueles tipos de policiais que não respeitão o nosso ordenamento juridico, a nossa constituição, quanto a chantagem que devemos chamar o batmam quando estivermos em apuros, estamos em petrolina, estado de pernambuco, num pais chamado brasil, pagamos nossos impostos portanto temos direito a proteção do estado, então, a não ser que nos vivamos em gotam city e vc seja o pinguim o charada ou o coringa essa sua chantagem não faz nenhum sentido, comtinuaremos sim, chamando a verdadeira policia quando em apuros estivermos, e ela prontamente nos atendera pois é a sua função constitucional proteger e servir, assim como é o nosso dever colaborar com a honrada policia militar de pernambuco em sua encansavel luta contra os verdadeiros criminosos sejam eles de farda ou não. marivaldo, com todo respeito, deixa de ser vibrador acaba com essa tua chantagem sem criatividade, e volta pras tuas revistas em quadrinhos da marvel e comics, vale pra vc o mesmo que eu disse para o querido arrais. osvaldo, meu sabio e grande historiador, tambem não te desjaria ser um judeu nas mãos dos nazistas, mas tambem não te desjaria ser um armenio nas mãos dos turcos na pimeira guerra mundial, ou um negro africano num navio negreiro a caminho da escravidão,ou quem sabe um chines da manchuria durante a invasão japonesa na china, tambem não queria que vc fosse um palestino,lutando com apenas pedra na mão, pelo direito legitimo de ter um pais, nas mãos de um judeu soldado israelense. como podes ver nobre osvaldo, a dor é sempre nossa, não é de mais ninguem, de qualquer forma, peço para que me deseje que numca entre numa fila daquelas aonde a tortura fisica e pisicologica,tinha um destino certo,os inocentes! Ana maria, vc parece q foi a unica que acertou, sou como o maravilhoso Dom helder camara, um incomformado com a vida, mas com a vida que leva os injustiçados os fracos os oprimidos e inocentes, aqueles que não tem quem os defenda sou assim,sou o que sou, alguem tem que ser. longa vida a policia militar de pernambuco, essa corporação centenaria merece meu respeito, porque sou filho de um policial, um policial como a maioria da corporação, honesto,cumpridor das leis e humano, e que diferente daqueles que eu falei no texto que gerou os comentarios acima, nunca envergonhou a corporação.

    • Continuo achando que você tem que chamar é o Batman mesmo, pois já pensou se você chama um de nós que disciplinou aqueles baderneiros? Ou você era um deles?.
      E Com qual autoridade moral você se dá ao direito de distinguir quem merece ou não respeito na PM, E de chamar de “elementos” pejorativamente gente de suas fileiras?
      Posso até concordar com a respeitabilidade de seu pai, com a sua não. Cada um é que sabe o que enfrenta no dia a dia, com uma geração em que muitos são gente folgada, perigosa, imoral, drogada, assassina, e relativista.
      Onde estão nossos aparelhos para medir quem é um simples agitador ou quem é integrante de uma quadrilha?
      Tu não tens moral alguma de querer dar aulas a quem quer que seja, até porque com sua sofrível retórica, sequer és um bom aluno.
      Bom corrigir suas falhas, se é que tem humildade de ver mais que as falhas alheias, da Polícia Militar cuidamos nós mesmos, e não, não somos “pinguins ou charadas, ” mas você sim, faz papel de palhaço

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome