Arcoverde: Vereadora apontada por pedir transferência de delegado sai escoltada da Câmara Municipal

2

Alvo principal dos protestos pelo anúncio da transferência do Delegado Regional da 19ª Área Integrada de Segurança, com sede em Arcoverde (PE), no Sertão do Moxotó, Israel Rubis, a presidente da Câmara Municipal, Célia Galindo (PSB), saiu escoltada pela polícia e debaixo de vaias dos manifestantes. Muitos gritavam “Fora, Célia”.

Célia é apontada por puxar o tapete do delegado. Ele coordenou a Operação ‘Herodes’, que prendeu o filho mais velho da vereadora por supostamente integrar uma quadrilha especializada na prática de homicídios na região. Ela é aliada da prefeita Madalena Britto, que também não se manifestou em defesa do delegado.

A Associação dos Delegados de Polícia de Pernambuco (Adepe) chegou a divulgar uma nota, no começo deste mês, repudiando as ofensas da vereadora Célia Galindo contra o delegado Israel Rubis, quando o chamou de “camarada descarado”. O clima na cidade continua tenso. Com a palavra, a vereadora. (Fonte: Nill Jr.)

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome