Após receber título de Cidadão Petrolinense, diretor-presidente da EPTTC diz: “Responsabilidade só aumenta”

8

paulo valgueiro título cidadão petrolinenseCom a presença do prefeito Julio Lossio e de vários integrantes do governo municipal, o diretor-presidente da Empresa Petrolinense de Trânsito e Transporte Coletivo (EPTTC), Paulo Valgueiro, tornou-se na noite de ontem (15), na Casa Plínio Amorim, o mais novo cidadão petrolinense. A solenidade da entrega do título, proposto através de decreto legislativo do vereador Elismar Gonçalves, contou com a presença de autoridades locais e da região, além de familiares e amigos do homenageado.

Momentos antes da sessão solene, Lossio rasgou elogios a Valgueiro, numa entrevista à imprensa. Segundo o prefeito, o gestor da EPTTC “faz um trabalho extraordinário” na área que considera a mais crítica da cidade: a mobilidade urbana.

“Petrolina está passando por um plano de mobilidade, mas já começa a ter ações específicas, e nós já percebemos mudanças importantes”, destacou Lossio. O prefeito citou, entre as ações mais recentes de Valgueiro à frente da EPTTC, o aplicativo de celular que permite aos usuários e à prefeitura saber exatamente o horário de partidas e chegadas dos ônibus aos seus destinos, e as faixas exclusivas para ônibus no Centro da cidade. Também citou avanços promovidos pelo diretor-presidente quanto ao transporte alternativo, com a divisão de trajetos no sistema de transporte público, o que permitiu melhorias na tarifa.

Valgueiro não escondeu a emoção pelos vários discursos dos convidados, durante a solenidade. Autor da homenagem ao representante da EPTTC, o vereador Elismar Gonçalves não apenas ratificou o bom trabalho de Valgueiro, como ressaltou que “Petrolina esperar continuar contando com seus serviços em prol do seu desenvolvimento”.

paulo valgueiro título cidadão petrolinense

Responsabilidade

Natural de Floresta (PE), no Sertão de Itaparica, Valgueiro se disse feliz com o título, mas afirmou ter ficado com a sensação de que sua responsabilidade aumentará a partir de agora. Ele lembrou-se da época em que chegou a Petrolina, em 1990, para estudar na Facape. Um ano depois, passou no concurso realizado pela prefeitura, como fiscal de trânsito e, na gestão de Lossio, passou a comandar a EPTTC em duas oportunidades.

Embora tenha feito uma menção especial a Elismar, Valgueiro estendeu o agradecimento a todos os vereadores da Casa, uma vez que o projeto foi aprovado por unanimidade. “Isso nos faz ter a responsabilidade de buscar cada vez mais fazer um trânsito melhor e concluir o plano de mobilidade, para que a gente possa dar ao petrolinense o transporte digno que ele merece”, finalizou.

8 COMENTÁRIOS

  1. ASSIM É MOLEZA UM HOMEM QUE TEM A FAMÍLIA TODA TRABALHANDO PARA O PREFEITO (ELE, PATRICIO E PAULA VALGUEIRO) INDICADO PELO MAIOR PUXA-, ELISMAR AI FICA FACIM FACIM: SÓ ACHO QUE TEM PESSOAS MAIS QUALIFICADAS PARA O TÍTULO.

  2. Essas são leis patéticas que os legislativos estaduais e municipais criam. No Brasil inteiro acontece esse tipo de besteira. Para ser cidadão de um estado ou município, basta morar e cumprir as leis daquele lugar.

    O título de cidadão Petrolinense que voga é o de todos que nasceram nas maternidades e pelas mãos das parteiras de todo município.

  3. Sabendo da responsabilidade e da competência do Sr. Paulo acho merecido o Titulo. Trabalhei por um período sendo um pequeno estagio da faculdade e pude observar o compromisso e sua atenção conosco que estávamos ali aprendendo, onde hoje ponho em pratica o que aprendi ao lado do mesmo e de outros.
    Parabéns!

  4. Qual a finalidade desse título? Na boa… só vejo um envaidecimento desnecessário e uma massagem de ego política em pessoas. Qualquer um, eu ou você tem a obrigação de ser bom no que faz e com o próximo, principalmente no tocante de profissão. Vamos ser mais práticos e menos fantasiosos!

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome