Após polêmica, prefeitura remove ‘coroas-de-frade’ e grades colocadas irregularmente em rua no Centro de Petrolina

0
Profissionais da Prefeitura removem 'coroas-de-frade' de calçada no Centro da cidade. (Foto: Divulgação)

A polêmica envolvendo uma calçada na Rua Padre Fraga, no Centro de Petrolina, onde moradores “enfeitaram” um trecho do passeio com “coroas-de-frade” – espécie de planta espinhosa, típica da caatinga – ganhou mais um capítulo. Como este Blog mostrou ontem (19), a prefeitura informou que ia enviar uma equipe de fiscalização até o local, e, após notificação, as plantas seriam removidas.

E foi isso que aconteceu na manhã de hoje (20), mesmo a ação não agradando os moradores, que divulgaram uma carta relatando transtornos e insegurança causados por supostos usuários do Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua (Centro Pop). Confira a carta acessando aqui.

Além das coroas-de-frade, a equipe da Secretaria de Desenvolvimento Urbano e Sustentabilidade (SEDURBS), através da Diretoria de Disciplinamento Urbano e Atividades Licenciadas, em parceria com a Agência Municipal do Meio Ambiente (AMMA), também removeu grades de proteção de um canteiro que haviam sido instaladas por populares.

A Prefeitura justifica que esse material – colocado “indevidamente” – estava “prejudicando o trânsito de pessoas pela calçada e oferecendo risco a quem passasse pelo local“.

As coroas-de-frade foram apreendidas e levadas para o Viveiro Municipal, que fica no Parque Josepha Coelho. Após um período de recondicionamento e aclimatação, a vegetação será devolvida à natureza.

Uma moradora da Rua Padre Fraga foi identificada como responsável pela obstrução da calçada. Ela foi notificada para providenciar a desobstrução de outra parte da calçada, além de recompor o espaço. “Caso não o faça, estará sujeita ao pagamento de multa no valor proporcional ao dano causado“, informou a prefeitura.

(Foto: Divulgação)

Centro Pop

Sobre as reclamações dos moradores em relação ao Centro Pop, a Prefeitura também esclarece que o equipamento do município “atende demandas espontâneas da população em situação de rua” e que o local “é de extrema importância para a ressocialização destas pessoas, oferecendo diversas atividades sociais ao longo do dia, entre 8h e 17h, disponibilizando ainda espaço para banho, descanso e guarda objetos”.

A Prefeitura também ressaltou que “a população assistida pelo Centro Pop recebe ainda fichas para almoço e jantar no Restaurante Popular diariamente e todas as pessoas assistidas passam por uma triagem na qual a equipe do Pop identifica o perfil social deles”. Ainda foi destacando pela gestão que “todas estas atividades são desenvolvidas com o único objetivo de garantir a dignidade deste público e possibilitar que eles retomem suas vidas com direito à cidadania”.

Segurança

Com relação à questão da segurança pública na Rua Padre Fraga, que também foi questionada por moradores, a Prefeitura disse que, “assim como a Polícia Militar, a Guarda Civil Municipal (GCM) está à disposição 24h para atender à população“. A PM pode ser acionada pelo número 190 e a GCM pela Central de Operações 153.

A Prefeitura garantiu, no entanto, que a já faz patrulhamento preventivo no local. “Quando o morador se sentir inseguro, for ameaçado, ou presenciar algum crime, como o tráfico de drogas, pode acionar a Guarda Civil“, acrescentou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome