Após pai ser demitido da prefeitura de Cabrobó, vereador Duda Caldas anuncia rompimento com prefeito e ameaça ir à PF entregar supostos documentos

5
Duda Caldas, vereador de Cabrobó/Foto: Reprodução Facebook

O prefeito de Cabrobó (PE), no Sertão do São Francisco, Marcílio Cavalcante (MDB), perdeu mais um aliado na Câmara Municipal e ganhou uma pedra no sapato. Desta vez foi o vereador Duda Caldas (PTB) que decidiu romper com o gestor. Duda é filho do ex-prefeito Edgar Caldas, que ocupava o cargo de secretário de Infraestrutura Urbana da atual gestão e foi demitido na semana passada.

Ao justificar sua saída da base do prefeito, Duda afirmou que Marcílio é um “traidor” e revelou ter documentos que comprovariam supostas irregularidades do gestor. “A partir de hoje sou oposição ferrenha. Você agora arrumou um calo que vai doer no seu pé. Os documentos que eu tenho na minha casa, eu vou para a Polícia Federal”, disparou, acusando o prefeito de cometer superfaturamento.

5 COMENTÁRIOS

  1. Agora, Cara-Pálida?
    Depois que mamou na teta farta da prefeitura quer cabuetar?
    Só aprendeu a ser homem agora, na oposição?
    Oportunista!!!
    Se tem algo feito errado, tem que ir pra cadeia o prefeito e você.

  2. estranho… se esses documentos tão comprometedores estão de posse do vereador quando fazia parte do palanque do prefeito, porque não divulgou antes? porque não procurou a Polícia Federal assim que soube da irregularidade? Conivente com o erro! Tentou ameaçar o prefeito e acabou jogando contra si mesmo.

  3. Então ele tem provas de ilegalidades que envolvem o interesse público, tem conhecimento do fato e não denunciou? Agora, quer utilizar tais provas para fazer chantagem! Vereador corrupto, deveria ser denunciado. Se o povo de Cabrobó tiver decência esse cabra não se elege mais.

  4. Se o prefeito for preso por causas destes documento o vereador também merecer ser preso,pois foi cúmplice este tempo todo,só porque o pai dele deixou de mamar nas tetas da prefeitura ele agora vai dar uma de honesto.

  5. Esse vereador deveria ser investigado e ter mandato cassado. Afirmar que tem em posse documentos que comprovam superfaturamento do prefeito e nunca tê-lo denunciado. Está cheirando a chantagem não aceita pelo gestor. Esse vereador é um péssimo representante do povo. Que pena o povo de Cabrobó ter um vereador desse calibre. A cada dia que passa a política fica pobre de representação política. O que se vê são políticos coniventes com o erro….

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome