Após controvérsia, estudantes de escola municipal do Alto do Cocar não serão transferidos

por Carlos Britto // 28 de dezembro de 2021 às 09:20

Foto: divulgação

Um abaixo-assinado feito por pais de estudantes da Escola Municipal Júlia Elisa Coelho, localizada no Bairro Alto do Cocar, na Zona Oeste de Petrolina, rendeu controvérsia. Revoltados, os pais se mostraram contrários à transferência dos estudantes do 1º, 2º e 3º anos da Júlia Elisa para outra escola da rede municipal – a Zélia Matias (também na zona oeste).

Procurado por algumas mães dos alunos, o Conselho Popular de Petrolina (CPP) enviou ofício aos órgãos e entidades diretamente envolvidos na questão. O resultado veio através de uma reunião convocada pelo Conselho Municipal de Educação, que aconteceu na tarde de ontem (27) por meio da plataforma Meet. O secretário Plínio Amorim foi um dos convidados.

Após as justificativas dos pais, que alegavam dificuldades na logística para transferir os filhos do bairro onde moram para uma escola em outro bairro, as autoridades competentes chegaram a um desfecho satisfatório. Ou seja: os estudantes da Escola Júlia Elisa não serão mais transferidos.

Após controvérsia, estudantes de escola municipal do Alto do Cocar não serão transferidos

  1. marta andrea disse:

    Já reza o ECA que é direito da criança e do adolescente estudar na escola próxima à sua residência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *