Após 2 meses sem receber salários, funcionários do IF Sertão-PE são demitidos

2
Foto: Reprodução

Funcionários da empresa KMS (terceirada do IF Sertão-PE), em Petrolina, foram demitidos sem receber os salários atrasados, aviso prévio, seguro desemprego e outros diretos trabalhistas. Cerca de 16 funcionários estão passando por dificuldades financeiras há algum tempo, esperando um posicionamento de ambos os órgãos, que empurram a responsabilidade um para o outro.

Estamos passando fome, muita gente tem pensão para pagar, mora de aluguel, outros já tiveram a energia cortada, alguns estão correndo risco de serem presos por atraso de pensão, todos estão passando muita necessidade e simplesmente ninguém liga para nos ajudar, estamos pedindo socorro”, declarou um dos funcionários.

O Blog entrou em contato com o Instituto meses atrás, o qual afirmou que o pagamento dos valores para a empresa terceirizada foi pago rigorosamente em dia e cabia a ela (KMS) cumprir com o repasse no tempo exato para os contratados. O Blog tentou entrar em contato com a KMS, mas até a publicação dessa matéria ninguém respondeu.

2 COMENTÁRIOS

  1. Bom só para políticos e funcionários públicos,o resto é fumo, fiquem em casa morra de fome ou doença, é isso que eles querem, eleição vem de novo,votem nós mesmo santos.

  2. Não deveria existir é o serviço terceirizado. Vejam se os não terceirizados estão sem receber? então esses 16(dezesseis) funcionários deveriam sim ser efetivos já que há a necessidade deles. São muitos os pontos negativos dos serviços terceirizados.
    1-São considerados de outra categoria, isto é, quem é efetivo é branco, ninguém rejeita, mas quem é terceirizado é considerado negro, todos rejeitam. Viram aí? criaram uma categoria para ser discriminada, por que? porque somos só racista? não
    2-Os terceirizados podem ser invisíveis, que coisa, invisíveis? sim, pode sim, não é o caso presente, mas pode ser. Vemos nos noticiários televisivos, as várias Organizações de Saúde sendo vez por outra manchetes de jornais por desvios de recursos na saúde, como? elas são as terceirizadas da saúde. No Governo FHC foi feita uma enquete, cujo resultado foi: De cada R$ 100,00 que sai de Brasília para Saúde, sòmente R$ 1,00 chega no paciente. Com a criação da OS”s” acho que nem R$ 0,50 chega.
    Mas é isso aí. Esses funcionários estão sem receber, porque a sua Empresa não está recebendo, logo podem e devem acionarem a Contratante.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

três × 4 =