Apesar das reclamações, bancada de oposição na Casa Plínio Amorim aprova requerimentos vistos como “legítimos” pelos governistas

6

O líder da bancada de oposição na Casa Plínio Amorim, vereador Paulo Valgueiro (PSD), e demais companheiros da bancada, costumam reclamar da postura dos governistas em derrubar frequentemente os pedidos de informações e/ou esclarecimentos do Executivo. Mas não podem reclamar tanto assim.

Na última sessão virtual, da terça-feira (30/06), de fato mais um requerimento de Valgueiro, referente a um pedido de prorrogação na isenção da taxa de iluminação para consumidores de Petrolina que gastem mensalmente até 220 kilowatts, foi derrotado por 13 votos a 5. Mas outra proposta do líder da oposição foi aprovada sem maiores problemas.

É o caso do requerimento que solicita do prefeito Miguel Coelho a convocação, nomeação e posse dos candidatos aprovados no último concurso público para Agentes de Combate a Endemias (ACEs), uma vez que a lei nº 3.217/2019 ampliou em 130 o número de vagas ao cargo e somente foram preenchidas 45 vagas, gerando um déficit de 85 servidores e a desassistência no cuidado epidemiológico. O pedido passou por 18 votos e nenhum contra.

Já o professor Gilmar Santos (PT) teve três requerimentos aprovados, e todos por unanimidade. O primeiro solicita uma série de informações do Executivo, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos (SEDESDH), sobre as pessoas em situação de rua, nesse momento de pandemia do novo coronavírus (Covid-19). O segundo refere-se à realização de uma audiência pública para discutir necessidades e diretrizes de uma proposta de criação de renda emergencial municipal para a população em situação de vulnerabilidade; o último requerimento de Gilmar pede detalhes à Secretaria de Infraestrutura, Mobilidade e Serviços Públicos (Seinfra) sobre a revitalização do Centro de Convenções Senador Nilo Coelho. Todos receberam 16 votos a favor e nenhum contra.

Enquanto os governistas acharem que a oposição cumpre o papel que lhe cabe, pelo visto não haverá motivos para reclamações.

6 COMENTÁRIOS

  1. Interessante a sua conclusão: “Enquanto os governistas acharem que a oposição cumpre o papel que lhe cabe” aí eu te pergunto, qual é o papel que cabe a oposição? Quem dita o papel que cabe a oposição é a ala governista? Uma piada de mal gosto essa sua conclusão. Agora criamos a oposição domesticada. Isso me parece pensamento de autoritários e não cabe em regimes democráticos

  2. O interessante é saber que a maioria dos que reprovam não sabem nem o que está se votando. Veja que no caso do vereador paulo valgueiro o que requerimento era para que o prefeito analiisasse a possibilidade de estender a isenção ta taxa de iluminação publica para a populaçao de baixa renda, e mesmo assim fora negado pela ala governista. Um absurdo total

  3. Eu quero saber quem será o Primeiro vereador a devolver o Dinheiro das diarias de viagem?
    Porque Gatoriano e mas uns dois vereadores não pegaram esse Dinheiro?
    Os que não pegaram é porque tem Dinheiro sobrando msm…. Parabéns Gatoriano.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome