Anderson afirma que socialistas querem acabar com feiras populares do Interior

por Carlos Britto // 10 de agosto de 2022 às 19:50

Foto: divulgação

Um dos candidatos a governador de Pernambuco pela oposição, Anderson Ferreira (PL) voltou a bater forte na gestão socialista. Ele qualificou como “mais uma agressão à população” a promessa do candidato do PSB, Danilo Cabral, de criar 11 ‘mini-Ceasas’ no Interior do Estado.

Anderson ressaltou que discorda totalmente da promessa e que o importante é valorizar as feiras tradicionais, responsáveis pela geração de milhares de empregos, e que são parte dos costumes e tradições nordestinas. A declaração foi feita nesta quarta-feira (10), durante reunião com a equipe do programa de governo.

Nós precisamos de soluções que venham a somar, que se complementem, e não que inviabilizem a capacidade da cadeia produtiva existente. A grande questão é que o Governo Paulo Câmara não apoia os municípios e muito menos os ajuda a estruturar as feiras e os feirantes. É isso o que pretendemos fazer“, disse Anderson.

A hora em que se instalarem equipamentos como esses, os custos dos produtos serão maiores e isso vai enfraquecer as feiras nas cidades do Interior. O efeito vai ser devastador. O governo do Estado não consegue sequer organizar e estruturar a Ceasa no Recife, quem dirá gerir essa geringonça toda que Danilo está prometendo“, acrescentou. E ironizou: “já reparou que tudo de Paulo Câmara, Danilo e do PSB é mini? Foi assim com as ‘mini-Upinhas’, que nunca foram entregues, e agora com esses ‘mini-Ceasas’“.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.