“Amor Sem Violência”: Ela levou 4 tiros do marido, ficou cega e hoje é exemplo de superação

1

1 COMENTÁRIO

  1. Parabéns pela iniciativa !
    Daqui há pouco aparece um COLETIVO NÃO SEI DE QUÊ, UMA REDE NÃO SEI DE QUÊ , UM TAL DE MANDATO COLETIVO NÃO SEI DAS QUANTAS (normalmente com nomes que não dizem nada mas que passam uma imagem de intelectuóides – tomei emprestado de Elio Gaspari) criticando.

    São capazes de argumentar , tolamente, que o Blog fez discriminação pq entrevistou uma mulher branca e com um olho perfurado( por uma questão de justiça teria de ser , na visão deles , uma mulher negra e com o olho arrebentado !) e mandando cartinha de repúdio -levada a sério só por eles mesmos- cheia de sofismas bobos e/ou um discurso hipócrita que ninguém suporta mais ! Aliás , eles suportam !

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome