Alepe aprova projeto que propõe Miguel Arraes como patrono da política de Pernambuco

3

A Comissão de Justiça da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) deu aval a projeto de lei propondo a adoção de patronos para o Estado. Uma das propostas, de autoria da deputada Roberta Arraes (PP), adota o ex-governador Miguel Arraes de Alencar como Patrono da Política de Pernambuco. A proposição foi relatada pelo deputado Lucas Ramos (PSB). 

O deputado Romário Dias elogiou a iniciativa, mas sugeriu que a Assembleia crie uma forma de homenagem a todos os ex-governadores. “Tivemos  gestores muito bons e eles não podem ser esquecidos”, emendou. O deputado Tony Gel lembrou que Isaltino Nascimento já sugeriu a criação de área na Alepe consagrando nomes ilustres. “É possível que essa ideia possa contemplar nossos governadores”, sublinhou. 

Cearense que fez carreira política em Pernambuco, Miguel Arraes de Alencar foi uma das principais lideranças da esquerda brasileira. Formado em direito, Miguel Arraes foi deputado estadual, federal e governador de Pernambuco por três vezes. Ele é pai da ministra do Tribunal de Contas da União (TCU), Ana Arraes, avô do ex-governador Eduardo Campos e da deputada federal Marília Arraes (PT) e bisavô do deputado federal João Campos (PSB). (Fonte: Folha de Pernambuco)

3 COMENTÁRIOS

  1. O Patrono da política de Pernambuco deveria ser Frei Caneca, não esse comunista oligarca. Embora eu discorde de sua retirada do poder pelos milicos, essa homenagem só se dá pelo fato da política pernambucana estar dominada pelas oligarquias do litoral.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome