Além da falta de pavimentação, PE-630 agora é tomada pelo matagal

0
Foto: reprodução

Não bastasse o cenário crítico da PE-630 por conta das obras de pavimentação paralisadas ainda no início dos anos 80, cujo clamor mobiliza integrantes da comissão permanente em prol da rodovia, o problema vai aumentado. Agora é o matagal que toma conta da PE-630, sobretudo após as últimas chuvas ocorridas na região.

Além da falta de acostamento, o mato acaba diminuindo a visibilidade dos motoristas, o que aumenta os riscos de acidentes. A rodovia corta seis municípios entre os Sertões do São Francisco e do Araripe (Petrolina, Dormentes, Santa Filomena, Araripina, Trindade e Ouricuri).

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome