Alagamentos já atingem comunidades da zona norte e oeste de Petrolina

1
Foto: divulgação

As chuvas são sempre um alívio para os petrolinenses, sobretudo em épocas de altas temperaturas como essa. No entanto, a falta de estrutura em algumas comunidades da cidade faz com que o período chuvoso traga também alguns transtornos – e não é de agora que isso ocorre, diga-se de passagem.

Com as precipitações pluviométricas registradas nas primeiras horas da manhã de hoje (31), último dia do ano, pontos de alagamentos se formaram em alguns locais, a exemplo da Vila Eulália (zona norte).

Nas Ruas 16, 17, 33, 40, 42, 43 e Avenida 4 do bairro os moradores ficam ilhados e chegam a  perder seus móveis com a água entrando em suas casas, mesmo com chuvas de menor intensidade. Na Avenida Zé Macaúba, obras de drenagem nas laterais da são necessárias ser realizadas, sob o risco de danificar todo o asfalto. “Faço aqui um pedido de socorro à Prefeitura de Petrolina”, apelou o presidente da Associação de Moradores da Vila Eulália, Pedro Caldas.

A Avenida dos Tropeiros, que interliga vários bairros da zona oeste, também não suporta muita água pluvial (foto abaixo), deixando o trânsito de veículos complicado.

Foto: divulgação

Defesa Civil

Como o Blog divulgou, a Defesa Civil de Petrolina já iniciou um mapeamento dos locais onde os problemas causados pelas chuvas são mais críticos para tomar as devidas providências.  O órgão municipal também divulgou números de contatos telefônicos para os moradores repassarem informações sobre seu bairro.

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome