AGU vai entrar com pedido no STF para barrar impeachment

2

imageA Advocacia-geral da União (AGU) vai entrar com uma ação no Supremo Tribunal Federal (STF) pedindo a nulidade dos atos do processo de impeachment contra a presidente Dilma Rousseff em curso na Câmara. O advogado-geral da União, José Eduardo Cardozo, vai apontar os principais argumentos que o governo apresentará ao Supremo.

Cardozo disse que essa ação trata do “vício do procedimento” do impeachment, alegando cerceamento de defesa e ampliação do objeto. Por isso, ele pedirá a anulação do processo. Para o governo, discutiu-se “fatos estranhos” ao processo, como a delação do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS) e a operação Lava Jato que, segundo a defesa, não poderiam ser tratados no pedido de impedimento tal qual ele foi apresentado.

Entre os auxiliares da presidente Dilma há quem tema uma resposta negativa do STF, o que poderia influenciar a votação no plenário da Câmara, marcada para domingo (17). Mesmo assim, o governo não descarta entrar com outras ações nos próximos dias no Supremo. (fonte:Diário de PE)

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome

1 × cinco =