Agora duplicado, trecho da Avenida Sete de Setembro recebe nova iluminação antes de ser liberado para tráfego

6
Avenida Sete de Setembro com nova iluminação. (Foto: Felipe Pereira/Ascom PMP/Divulgação)

Um trecho com aproximadamente 1 Km de extensão da Avenida Sete de Setembro (BR-428), em Petrolina, ganhou uma nova iluminação mais potente e econômica, antes de ser liberado para tráfego nesta quinta-feira (4).

A via recebeu 41 novos postes, com duas lâmpadas de LED com 160 watts de potência em cada. O sistema foi acionado na noite de ontem (2) e vistoriado pelo prefeito Miguel Coelho. Além desse trecho situado próximo à entrada do bairro José e Maria, a prefeitura disse que serão melhorados outros 3 Km com a nova iluminação.

Os novos postes fazem parte das obras de requalificação e duplicação da Avenida Sete de Setembro. A previsão é inaugurar a primeira fase da intervenção no dia 25 de outubro.

Liberação

Como este Blog mostrou ontem, o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) confirmou que amanhã será liberado o tráfego nas vias principais e marginais da Sete de Setembro. Segundo o DNIT, por questões de segurança, os retornos com giros à esquerda neste trecho serão fechados, ficando disponíveis as rotatórias do Trevo e do ponto de apoio da Gontijo para realizar esta manobra.

A expectativa é de que o trecho a ser liberado seja maior que 1 Km. O órgão ainda ressaltou que a “restauração das vias marginais da BR-428, não abrangidas na atual obra de duplicação, está prevista para ser iniciada nos próximos meses.”

6 COMENTÁRIOS

  1. Para que duplicar se os retornos estão todos fechados? O engarrafamento continua o mesmo. Sou morador da Vila Eulália. Para chegar no meu bairro agora tenho que dar a volta lá no trevo, gastando mais gasolina que já tá cara. Quero que expliquem por que os retornos estão fechados. Onde foi duplicado o tráfego é pouco. Já nas vias auxiliares o tráfego é muito. Sem os retornos tá congestionando tudo lá no contorno do trevo. Ou seja, não mudou nada.

  2. Também acho que não deve ser feito assim. Como é que não se planeja a obra direito? A equipe técnica é muito fraca, pois as vias locais estão péssimas, não prever o funcionamento dos retornos é quase insano, tamanho o caos que gera e por último. Mobilidade urbana não é só carro e moto. É inadimissível projetar uma avenida que corta tantos bairros, que é uma das mais importantes Av da cidade, que liga a duas outras que possuem ciclovia e que Mtas pessoas utilizar bicicletas como meio de transporte nessa via e não fazer uma ciclovia. É muito mal projetada.

  3. Mas fazer o quê, o povo vai amar, afinal brasileiro foi adestrado para aplaudir tudo o que é feito de cal e cimento, mesmo que não sirva para nada. Mas a realidade do país nunca muda: pobre, violento, miserável e atrasado, com um bando de mauricinhos andando de SUV às custas dos trouxas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome