Advogado da coligação de Isaac Carvalho esclarece denuncia de caixa dois

por Carlos Britto // 04 de março de 2009 às 13:00

O advogado da coligação do “Pra mudar Juazeiro”, Humberto Chaves esteve hoje no Programa Sem Fronteiras para esclarecer as denuncias de uso de caixa dois durante a campanha de Isaac Carvalho durante as eleições. As acusações foram feitas ontem pelo candidato a vereador Jackson Bosco (PTC).

O advogado nominou a denuncia como desqualificada e infundada. “A campanha de Isaac foi referendada pela Justiça Eleitoral cumprindo fielmente os aspectos legais e teve as contas aprovadas pela Justiça Eleitoral podendo ser verificada por qualquer cidadão no site da Justiça Eleitoral”, afirmou.

Segundo Dr. Humberto o cheque apresentado por Jackson ontem foi uma transação pessoal totalmente dissociada da campanha. A esposa do candidato, a senhora Márcia Regina Vital da Silva teria feito um empréstimo pessoal a Voldi, tesoureiro da campanha. O cheque era nominal a Márcia e tinha como titular da conta o próprio tesoureiro. O advogado apresentou também uma declaração assinada por ela reconhecendo o empréstimo.

Advogado da coligação de Isaac Carvalho esclarece denuncia de caixa dois

  1. EU... disse:

    A politica é mesmo complicada, o homem passa parte de sua vida inerte. Depois resolve ser politico, daí passa uma boa temporada fazendo alguns favores pra mostrar que existe. Se candidata, ai vai usufruir de 45 dias de aplausos. Se elege, ai são mais 4 anos de xingamento. Tá bom pra tu?

  2. Harisson, Juazeiro cidade-dinamismo no Nordeste disse:

    ??????????

  3. Amigo Carlos Britto, adireção do partido PTC, vai expulsar este cidadão que era um dos fundadores do partido em nossa região, mais o mesmo provou que não está preparodo para servir á nossa comunoidade e tão pouco a ele mesmo, esta precisando de um tratamento pisquiatria, e não vamos só expulsar o mesmo temos mais cinco por falta de fidelidade partidária e o Jacsom de Bosco vai ser expulso por falta de obidieência partidaria e outros dentro do estaturo partidário.

  4. Carlos Brito, desculpe os erros em duas palavras que são obidiência e estatuto.

  5. Padilha disse:

    Esta explicação do advogado não convence, o que Geraldo José, e a oposição de Juazeiro deveria pedir era a quebra do sigilo bancário das pessoas envolvidas no caso>
    Secr. Flávio Luiz
    Esposa do prefeito
    Tesoureiro da Campanha
    Secretário Marcos Moraes – Saae
    Isto só durante o período da campanha, pois a vida pessoal de cada um independe disso

  6. Ligia disse:

    Coitado do Jackson, vai ficar como maluco!!!
    Concordo com Padilha: que explicaçãozinha sem nenhuma convição!!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *