Adesivaço tenta conscientizar juazeirenses sobre combate ao trabalho infantil

por Carlos Britto // 12 de junho de 2022 às 09:40

Foto: Luan Medrado/Ascom PMJ

As Secretarias de Educação e Juventude (Seduc) e de Desenvolvimento Social, Mulher e Diversidade (SEDES) realizaram ontem (11), em Juazeiro (BA), um adesivaço alusivo ao Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil (12 de junho), lembrado neste domingo. O ‘Dia D’  teve o objetivo de mobilizar a sociedade sobre a importância do combate ao problema social e contribuir para sua conscientização.

A prefeita Suzana Ramos e o assessor especial Teobaldo Pedro também prestigiaram o evento, que aconteceu na Orla de Juazeiro e contou com a participação das escolas municipais Dom Avelar Brandão Vilela, Maria de Lourdes Duarte e Paulo VI. Alunos do 4º ao 7º ano  realizaram a exposição de trabalhos que participam do concurso artístico-cultural do Programa MPT na Escola, idealizado pelo Ministério Público do Trabalho.

Simultaneamente, a equipe técnica de Gestão Escolar da Seduc realizava um adesivaço nos veículos que circulavam nas vias, embalados por momentos musicais e contação de histórias. O coordenador municipal do Programa MPT na Escola, Airton Carvalho, destacou a importância da ação. “Estamos enfatizando a importância da participação da sociedade no combate ao trabalho infantil. Essa ação é uma forma de alertar sobre a necessidade de guardar esses direitos fundamentais das crianças e adolescentes, como brincar e estudar, e promover essa conscientização já a partir do ambiente escolar”, finalizou.

Escolas

O município de Juazeiro já vem realizando uma mobilização nas escolas com palestras e fomentando a participação dos alunos no concurso artístico-cultural.

A estudante Maria Eduarda de Oliveira, da Escola Municipal Dom Avelar Brandão Vilela, produziu uma poesia reforçando a importância de se discutir a temática da erradicação do trabalho infantil. “Ajuda muito no desenvolvimento das crianças e mostra que elas não devem estar trabalhando, e sim na escola, estudando para ser alguém na vida”, explicou.

Maria Auxiliadora Pereira, gestora da Escola Municipal Maria de Lourdes Duarte, destacou a importância de abordar o tema nas escolas. “Vemos hoje muita criança fora da escola, para trabalhar e ajudar a família, ou até mesmo, na rua. Com essa ação nas escolas, a criança vai se conscientizando e os pais também“, contou a gestora.

Denúncia

Segundo a prefeitura, quaisquer denúncias sobre violação dos direitos das crianças e adolescentes no município podem ser feitas pelos seguintes contatos: Conselho Tutelar, (74) 9 9994-9343; e Disk Denúncia  Nacional (100).

Adesivaço tenta conscientizar juazeirenses sobre combate ao trabalho infantil

  1. Guilherme disse:

    Os mesmos que fingem combater o trabalho infantil são os mesmos que ignoram a sexualização de tais crianças. Hipocritas.

  2. Irineu disse:

    Pra mim isso tudo é apenas mimimi! Vai fazer isso também nas favelas onde crianças trabalha para o tráfico! Ahh esqueci vocês são lacradores não tem essa moral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.