Abaré: Operação ‘Resgate’ coíbe crimes financeiros e flagra mulher com quase 350 cartões de beneficiários

0
Cartões apreendidos em Abaré-BA. (Foto: Cipe-Caatinga/Divulgação)

Uma ação para coibir crimes financeiros, retenções de cartões de benefícios sociais por comerciantes e assaltos a veículos na BR-116 foi realizada pelas Polícias Militar (PM), Civil (PC), Poder Judiciário e Ministério Público da Bahia (MPBA) no município de Abaré, norte do estado, no dia de ontem (5). De acordo com a Cipe-Caatinga, a Operação ‘Resgate’ cumpriu mandados de busca e apreensão, além de mandados de prisão temporária.

Com José Carlos Alves dos Santos, de 39 anos, foi apreendido um caderno com anotações de vários devedores que eram beneficiários do Programa Bolsa Família, além de cartões do Banco Bradesco de funcionários de uma empresa exportadora de manga. Segundo a polícia, José Carlos ainda praticava agiotagem.

Na casa de Ivaneide Barbosa da Silva e Silva foram apreendidos cartões do Bolsa Família e um comprovante de saque realizado em casa lotérica em nome de uma mulher, referente ao mês de fevereiro de 2018.

Já Girlandia Pereira da Silva, 29, estava com 208 cartões Bolsa Família, 47 do Bradesco (25 cartões-chaves do mesmo banco), 32 Cartões-Cidadão, 15 da Caixa, 7 Ourocards do Banco do Brasil, um de Benefício de Assistência Social, um do Banco Santander e um do Bolsa Escola – totalizando 337 cartões, além de um celular e diversas senhas de cartões anotadas em papel, sendo que esta foi presa em flagrante.

Ainda durante a operação foram presos Leidinaldo da Silva Santos, de 28, e Maico Vieira de Moraes, de 22. Eles são suspeitos de envolvimento no assalto ao Bradesco de Abaré, ocorrido no último mês de junho. Maicon também é suspeito de tráfico de drogas e estava de posse de 40 gramas de cocaína e uma motocicleta.

Desacato

Ainda foi execução do mandado de busca e apreensão na residência Adevânio Tiago de Souza, de 29 anos, que é suspeito de alugar armas para grupos de assaltantes na BR-116. Durante a ação, ele desacatou a equipe policial e foi conduzido, juntamente com os outros presos para a Delegacia de Polícia Civil (DPC) da cidade de Paulo Afonso, também no norte do Estado.

DEIXE UMA RESPOSTA

Comentar
Seu nome